Mercados

Bolsas europeias em alta animadas com potencial acordo entre Washington e Pequim

Bolsas europeias subiram este ano

As principais bolsas europeias negociavam esta sexta-feira de novo em alta, animadas com a possibilidade dos Estados Unidos e da China chegarem a um acordo comercial.

Cerca das 09:10 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a avançar 0,86% para 353,73 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,74%, 1,05% e 0,87%, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 1,10% e 0,53%, respetivamente.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:10, o principal índice, o PSI20, subia 0,81% para 5.070,65 pontos.

Segundo algumas fontes, os Estados Unidos estão a estudar levantar as tarifas aduaneiras a produtos chineses para avançar nas conversações com o gigante asiático e chegarem a um pacto comercial.

Entretanto, Pequim reviu em baixa o crescimento do Produto Interno Produto (PIB) em 2018 para 6,8%, contra uma previsão anterior de 6,8%.

Os mercados também continuam atentos aos desenvolvimentos do ‘Brexit’.

A primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, sobreviveu na quarta-feira à moção de censura apresentada pela oposição trabalhista, depois do fracasso da votação do acordo do ‘Brexit’ na véspera.

Analistas citados pela Efe explicam que a incerteza “é máxima” no Reino Unido, já que estão todas as hipóteses em cima da mesa.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou na quinta-feira em alta, com o Dow Jones a subir 0,67% para 24.370,10 pontos, depois de ter atingido em 03 de outubro 26.828,39 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 0,71% para 7.084,46 pontos, após ter subido até aos 8.109,69 pontos em 29 de agosto, atual máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1395 dólares, contra 1,1380 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu hoje em alta, a cotar-se a 61,86 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 1,17% do que na sessão anterior e depois de ter estado acima dos 85 dólares no início de outubro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Global Imagens

Preço das casas já recuperou das quedas da crise

(Fábio Poço/Global Imagens)

Alojamento Local. Há 11 desistências por dia desde que nova lei entrou em vigor

Mário Centeno, ministro das Finanças. REUTERS/Pedro Nunes

Défice das contas externas agrava-se para 1.181 milhões em fevereiro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Bolsas europeias em alta animadas com potencial acordo entre Washington e Pequim