Bolsas europeias em alta, seguem tendência positiva de Wall Street

A bolsa de Lisboa está a acompanhar a subida das suas congéneres na Europa.

As principais bolsas europeias abriram esta quinta-feira em alta, a seguir a tendência de Wall Street, aliviada com as declarações do presidente da Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos, Jerome Powell, que tenciona manter a atual política monetária expansionista.

Cerca das 9:10 em Lisboa, o EuroStoxx 600 subia 0,37% para 414,72 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt avançavam 0,32%, 0,36% e 0,01%, bem como a de Milão e de Madrid, que se valorizavam 1,21% e 0,52%.

Depois de ter aberto em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 9:10, o principal índice, o PSI20, subia 1,58% para 4.809,40 pontos.

O presidente da Fed assegurou na terça-feira no Senado dos Estados Unidos que a pandemia da covid-19 deixou "uma marca significativa" na inflação no país e que a recuperação ainda está incompleta e que por isso a economia continuará a precisar de um extraordinário apoio monetário por uns tempos.

Powell reiterou que o banco central manterá as taxas de juro ultrabaixas e continuará com as compras de ativos até que "se tenham sido alcançados progressos substanciais adicionais" para os objetivos de emprego e inflação.

Estas palavras de compromisso e apoio à economia norte-americana também animaram os mercados asiáticos.

No mercado de matérias-primas, o Brent, de referência na Europa, continua a subir, designadamente para máximos desde dezembro de 2018.

A bolsa de Nova Iorque terminou em alta na quarta-feira, com o Dow Jones a subir 1,35% para 31.961,86 pontos, um novo máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou em alta na quarta-feira, a subir 0,99% para 13.597,97 pontos, contra o atual máximo de 14.095,47 pontos em 12 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2192 dólares, contra 1,2142 na quarta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em abril abriu em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 67,67 dólares, um máximo desde dezembro de 2018, contra 67,04 dólares na quarta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de