Mercados

Bolsas europeias em baixa à espera da Fed, BCE e eleições no Reino Unido

Mercados aguardam decisão do BCE e desfecho das eleições no Reino Unido
Mercados aguardam decisão do BCE e desfecho das eleições no Reino Unido

As principais bolsas europeias estavam esta segunda-feira em baixa, no início de uma semana marcada pelas reuniões da Reserva Federal dos Estados Unidos e do Banco Central Europeu (BCE) e as eleições no Reino Unido.

Cerca das 09:05 em Lisboa, o EuroStoxx 600 recuava 0,09% para 406,98 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt desciam 0,08%, 0,25% e 0,12%, bem como as de Madrid e Milão que recuavam 0,04% e 0,18%, respetivamente.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e cerca das 09:05 o principal índice, o PSI20, descia 0,07% para 5.169,23 pontos.

A bolsa de Nova Iorque terminou na sexta-feira com o Dow Jones a subir 1,2% para 28.015,06 pontos, contra o atual máximo de sempre desde que foi criado em 1896, de 28.164,00 pontos em 27 de novembro.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 1% para 8.656,53 pontos, contra o máximo de 8.705,17 pontos também registado em 27 de novembro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1065 dólares, contra 1,1160 dólares na sexta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em fevereiro de 2020 abriu hoje em baixa, a cotar-se a 64,15 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 64,39 dólares na sexta-feira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas. Novo Banco custa mais 0,3% do PIB em 2020, vírus não se sabe

O ministro da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Linhas de crédito abertas a todos os setores a partir de hoje

DR

Agricultura prepara recrutamento de trabalhadores em lay-off

Bolsas europeias em baixa à espera da Fed, BCE e eleições no Reino Unido