Bolsa

Bolsas europeias em baixa à espera de novidades do Brexit

REUTERS/Simon Dawson
REUTERS/Simon Dawson

As principais bolsas europeias negociavam hoje em baixa, pendentes de desenvolvimentos do 'Brexit'.

Cerca das 09:00 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a recuar 0,12% para 355,92 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt recuavam 0,21%, 0,28% e 0,18%, bem como as de Madrid e Milão, que desciam 0,16% e 0,46%, respetivamente.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:00, o principal índice, o PSI20, descia 0,34% para 5.069,86 pontos.

Além de desenvolvimentos do ‘Brexit’, os investidores aguardam hoje a reunião dos ministros da Economia e Finanças da União Europeia (UE) e a publicação do índice de confiança no investimento na Alemanha.

A primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, lança hoje novas negociações para encontrar uma solução para o ‘Brexit’ e posteriormente a comunicar a Bruxelas.

Em Nova Iorque, a bolsa de Wall Street esteve fechada na segunda-feira devido ao feriado do Aniversário de Martin Luther King, após ter terminado em alta na sexta-feira, com o Dow Jones a subir 1,38% para 24.706,35 pontos, depois de ter atingido em 03 de outubro 26.828,39 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 1,03% para 7.157,23 pontos, após ter subido até aos 8.109,69 pontos em 29 de agosto, atual máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1353 dólares, contra 1,1366 dólares na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu hoje em baixa, a cotar-se a 62,09 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 1,13% do que na sessão anterior e depois de ter estado acima dos 85 dólares no início de outubro

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Bolsas europeias em baixa à espera de novidades do Brexit