Bolsa

Bolsas europeias em baixa de “olhos postos” no Brexit

REUTERS/Simon Dawson
REUTERS/Simon Dawson

Cerca das 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava em baixa, a cair 0,10% para 364,62 pontos.

As principais bolsas europeias negociavam esta quarta-feira em baixa, como nas últimas sessões pendentes dos desenvolvimentos do ‘Brexit’.

Cerca das 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava em baixa, a cair 0,10% para 364,62 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt recuavam 0,24%, 0,37% e 0,36%, bem como as de Madrid e de Milão que desciam 0,15% e 0,19%, respetivamente.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:55, o principal índice, o PSI20, descia 0,05% para 5.171,85 pontos.

Os mercados também vão estar atentos à espera da balança comercial dos Estados Unidos e de mais resultados empresariais.

Em Nova Iorque, a bolsa terminou em alta na terça-feira, com o Dow Jones a subir 0,68% para 25.411,52 pontos, depois de ter atingido em 03 de outubro 26.828,39 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 0,74% para 7.402,08 pontos, após ter subido até aos 8.109,69 pontos em 29 de agosto, atual máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1390 dólares, contra 1,1410 dólares na terça-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em abril abriu hoje em baixa ligeira, a cotar-se a 61,95 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,04% do que na sessão anterior e depois de ter estado acima dos 85 dólares no início de outubro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, conversa com Teresa Leal Coelho (ausente da foto), presidente da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, durante a audição na Assembleia da República, Lisboa, 21 de março de 2019.  ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Ramalho: “DG Comp não tem particular simpatia pelos bancos portugueses”

António Tomás Correia, presidente da Associação Mutualista Montepio Geral

( Gustavo Bom / Global Imagens )

ASF inicia processo de avaliação da idoneidade de Tomás Correia

Rodrigo Costa, CEO da REN Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Rodrigo Costa: “Já pagámos 127,5 milhões” de CESE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Bolsas europeias em baixa de “olhos postos” no Brexit