Mercados

Bolsas europeias em baixa preocupadas com incertezas com ‘Brexit’

Bolsas Europeias continuam em queda

As principais bolsas europeias estavam esta segunda-feira em baixa, com os investidores preocupados com a incerteza associada ao ‘Brexit’, apesar do ânimo com o princípio de acordo entre os Estados Unidos e a China.

Cerca das 09:10 em Lisboa, o EuroStoxx 600 descia 0,75% para 388,68 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt desciam 0,54%, 0,75% e 0,50%, bem como as de Madrid e Milão que recuavam 0,48% e 0,45%, respetivamente.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:10, o principal índice, o PSI20, desvalorizava-se 0,82% para 4.963,04 pontos.

Em princípio, Washington vai suspender o plano de subir de 25% a 30% as tarifas a importações chinesas no valor de 250.000 milhões de dólares, enquanto a China se comprometeu a adquirir entre 40.000 e 50.000 milhões de dólares em produtos agrícolas norte-americanos.

O acordo terá de ser formalizado nas próximas semanas.

Na sexta-feira, o Dow Jones terminou a subir 1,21% para 26.816,59 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 27.359,16 pontos, registado em 15 de julho.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a avançar 1,34% para 8.057,04 pontos, contra o atual máximo, de 8.330,21 pontos, registado em 26 de julho.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1015 dólares, contra 1,1012 dólares na sexta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em alta, a cotar-se a 60,69 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 60,51 dólares na sexta-feira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Bolsas europeias em baixa preocupadas com incertezas com ‘Brexit’