Bolsas europeias mistas, à espera do Livro Bege da Fed e de declarações de Lagarde

No mercado das matérias-primas, o Brent para entrega em agosto continua a cotar-se em alta, acima dos 70 dólares e a subir 0,73%.

As principais bolsas europeias abriram mistas esta quarta-feira, com a atenção da sessão posta no Livro Bege da Reserva Federal dos EUA (Fed) e nas declarações da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde.

Cerca das 08:59 em Lisboa, o EuroStoxx 600 recuava 0,07% para 450,75 pontos.

As bolsas de Londres e Frankfurt avançavam 0,32% e 0,02%, enquanto as de Paris, Madrid e Milão, que se desvalorizavam 0,09%, 0,13% e 0,06%, respetivamente.

Depois de abrir em baixa, a bolsa em Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 08:50, o principal índice, o PSI20, avançava 0,37% para 5.197,68 pontos.

Animados com os bons indicadores da atividade tanto na Europa como nos Estados Unidos e na China, os mercados vão estar muito pendentes da publicação do Livro Bege, que servirá para preparar a próxima reunião da Fed, em 16 de junho.

Os investidores também estão à espera das declarações da presidente do BCE, Christine Lagarde, já com o mercado europeu fechado, atentos a qualquer referência sobre as perspetivas de crescimento e da taxa de inflação e o impacto destas na política monetária, indicaram analistas citados pela Efe.

No mercado das matérias-primas, o Brent para entrega em agosto continua a cotar-se em alta, acima dos 70 dólares e a subir 0,73%.

A bolsa de Nova Iorque terminou mista na terça-feira, com o Dow Jones a subir 0,13% para 34.575,31 pontos, contra o atual máximo de sempre desde que foi criado em 1896, de 34.777,76 pontos, registado em 07 de maio.

Em sentido contrário, o Nasdaq fechou a desvalorizar-se 0,09% para 13.736,48 pontos, contra o máximo de 14.138,78 pontos, registado em 26 de abril.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2210 dólares, contra 1,2233 dólares na terça-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em agosto abriu em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 70,77 dólares, um máximo desde pelo menos o início de 2020, contra 70,25 dólares na terça-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de