Bolsas europeias mistas, à espera do relatório do emprego nos EUA

Lisboa, 08 out 2021 (Lusa) -- As principais bolsas europeias estavam hoje mistas, à espera do relatório oficial do emprego nos Estados Unidos, mas de novo perante receios de uma subida persistente da inflação.

Cerca das 08:40 em Lisboa, o EuroStoxx 600 baixava 0,23% para 457,51 pontos.

As bolsas de Londres, Madrid e Milão subiam 0,17%, 0,13% e 0,04%, enquanto as de Paris e Frankfurt se desvalorizavam 0,22% e 0,23%, respetivamente.

Depois de abrir em alta, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência, estando cerca das 08:40, o principal índice, o PSI20, a avançar 0,56% para 5.561,66 pontos.

O relatório do emprego oficial do emprego nos EUA é "relevante para determinar o ritmo da retirada de estímulos extraordinários da Reserva Federal norte-americana (Fed), referem analistas citados pela Efe.

Os mercados europeus estavam hoje a desacelerar face a quinta-feira devido a uma nova subida dos preços do petróleo e dos juros das dívidas soberanas, que provocam o ressurgimento dos receios de uma inflação persistente.

A bolsa de Nova Iorque terminou em alta na quinta-feira, com o Dow Jones a subir 0,98% para 34.754,94 pontos, contra o atual máximo desde que foi criado em 1896, de 35.625,40 pontos, verificado em 16 de agosto.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a valorizar-se 1,05% para 14.654,02 pontos, contra o atual máximo de 15.374,33 pontos registado em 07 de setembro.

A nível cambial, o euro abriu em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1551 dólares, contra 1,1556 dólares na quinta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

Em 06 de outubro, o euro desceu para o mínimo de 1,1543 euros.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu em alta no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 82,98 dólares, um máximo desde outubro de 2018, contra 81,95 dólares na quinta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de