Resultados 2019

EDP Renováveis. Acionistas aprovaram contas e dividendos

Manso Neto, CEO da EDP Renováveis
Manso Neto, CEO da EDP Renováveis

Empresa presidida por Manos Neto vai afetar quase 70 milhões para a distribuição de dividendos, são 8 cêntimos brutos por ação

Os acionistas da EDP Renováveis reuniram-se, esta quinta-feira, através de meios telemáticos. Todos os pontos na ordem de trabalhados foram aprovados, designadamente as contas da empresa, referentes a 2019, bem como o dividendo a distribuir, no valor bruto de oito cêntimos por ação. No total, os dividendos vão custar quase 70 milhões de euros, que “provirão da conta de Reserva Voluntária”, comunicou a empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Recorde-se que os lucros consolidados da EDP Renováveis cresceram, o ano passado, 52% para 475 milhões de euros, mais 162 milhões do que em 2018. Já as receitas aumentaram 7% para 1.824 milhões de euros, graças nomeadamente a uma maior capacidade, maior preço médio de venda e maior recurso eólico.

Os acionistas ratificaram, ainda, a nomeação, por cooptação, de Rui Lopes Teixeira como administrador ‘dominical’ e deram autorização à administração, presidida por Manso Neto, para a aquisição e venda de ações próprias da EDP Renováveis ou de suas subsidiárias, até ao limite de 10% do capital social.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

EDP Renováveis. Acionistas aprovaram contas e dividendos