banca

Faria de Oliveira alerta sobre medidas populistas contra bancos portugueses

Faria de Oliveira, presidente da APB
Faria de Oliveira, presidente da APB

Fernando Faria de Oliveira avisa que os políticos devem ter atenção "às implicações e impactos das suas opções" sobre os bancos portugueses.

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos está contra a introdução de medidas legislativas populistas que penalizem os bancos portugueses face aos pares europeus.

Fernando Faria de Oliveira avisa que os políticos devem ter atenção “às implicações e impactos das suas opções, não criando desincentivos à atratividade do nosso sistema bancário junto dos investidores nacionais e estrangeiros”.

“Não faz nenhum sentido que se introduzam em Portugal medidas legislativas várias de carácter populista, que penalizam os bancos portugueses em relação aos congéneres europeus e contrariam o objetivo de level playing field contido no projeto da União Europeia”, disse num almoço-debate do International Club of Portugal.

Os bancos passaram a ter de refletir as taxas de juros Euribor negativas nos contratos de crédito à habitação.

Em atualização

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Presidente executivo da TAP Antonoaldo Neves. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

TAP faz emissão de dívida só para investidores institucionais

Outros conteúdos GMG
Faria de Oliveira alerta sobre medidas populistas contra bancos portugueses