Bolsa

Da Tesla à Walt Disney. Estes são os CEO que ganharam mais dinheiro em 2018

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Há seis presidente executivos que levaram para casa prémios que representaram mais de 100 milhões de dólares.

Bónus, direito a participar no capital da empresa, atribuição de ações, remunerações diferidas. São as principais formas de pagamento dos presidentes executivos de empresas cotadas mais bem pagos em 2018, segundo uma lista da Bloomberg.

Elon Musk, o gestor que mais ganhou nem sequer recebe ordenado. Mas o programa que lhe dá a opção de ficar com ações da empresa caso cumpra objetivos valeu-lhe uma compensação avaliada em 513 milhões de dólares.

Leia também: CEO de cotadas na bolsa portuguesa ganham 52 vezes mais do que trabalhadores

Na lista dos executivos que mais ganham está ainda Brendan Kennedy, que viu a aposta em cannabis dar frutos. Conseguir levar a sua empresa, a Tilray, para a bolsa deu-lhe direito a um prémio de mais de 240 milhões de dólares.

As remunerações elevadas de alguns desses executivos têm sido alvo de críticas. Bob Iger, o líder da Disney, ganhou 146 milhões de dólares. A diferença face à mediana dos trabalhadores é de mais de 1.400 vezes o que levou a neta do fundador da empresa, Abigail Disney, a criticar a exorbitância que Bob Iger auferiu.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Presidente executivo da TAP Antonoaldo Neves. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

TAP faz emissão de dívida só para investidores institucionais

Outros conteúdos GMG
Da Tesla à Walt Disney. Estes são os CEO que ganharam mais dinheiro em 2018