Investidores aplaudem Bolsonaro. Bolsa sobe mais de 2%

O principal índice bolsista de São Paulo abriu a subir em torno de 2%, menos de 24 horas após a eleição de Bolsonaro para presidente da República.

Menos de 24 horas depois da eleição de Jair Bolsonaro para a presidência do Brasil, os investidores dão sinais de terem gostado de desfecho eleitoral, estando o principal índice da bolsa de São Paulo, o Bovespa, a subir em torno de 2%.

Os futuros já indiciavam uma abertura em terreno positivo. Desde meados de setembro, quando as sondagens começaram a dar Bolsonaro como favorito à vitória nas presidenciais no país, que o principal índice paulista soma quase 15%.

Este domingo, Jair Bolsonaro (PSL) foi eleito presidente do Brasil, com mais de 55% dos votos. Já Fernando Haddad (PT, esquerda), conquistou mais de 44% dos votos. Jair Bolsonaro sucede a Michel Temer como 38.º Presidente da República Federativa do Brasil.

Capitão do exército reformado e defensor da ditadura militar – regime que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985 -, Jair Messias Bolsonaro nasceu a 21 de março de 1955 (63 anos) e iniciou a carreira política como uma figura caricata de posições extremas e discursos agressivos em defesa da autoridade do Estado e dos valores da família cristã.

Chamado de “mito” e “herói” pelos seus apoiantes e de “perigo à democracia” por críticos e adversários, Jair Bolsonaro está na política brasileira há 28 anos e foi eleito deputado (membro da câmara baixa) sete vezes consecutivas, mas sem nunca ter ocupado um cargo importante no Parlamento.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de