Bolsa

Já pode investir na bolsa enquanto faz as compras do mês

Apple e Facebook são algumas das preferidas
Apple e Facebook são algumas das preferidas

Chama-se Stockpile e é uma startup que permite converter cartões de oferta em títulos de empresas cotadas

É para muitos um bicho-de-sete-cabeças. Mas investir na bolsa pode ser tão simples como uma ida ao supermercado. A ideia foi desenvolvida pela Stockpile, uma startup norte-americana especializada em vouchers que, em vez de livros ou vestuário, propõe que estes sejam trocados por ações de empresas cotadas. Os cartões podem ser comprados online, mas também estão disponíveis em grandes superfícies nos Estados Unidos, como o Toys’ r’Us ou o Kmart.

O objetivo, segundo Avi Lele, fundador do Stockpile, é democratizar o investimento em bolsa e atrair uma nova classe de investidores. É por isso que o negócio foi pensado para estar ao alcance de todos os bolsos.

Quem não pode dar 967 dólares por uma ação da Amazon, por exemplo, pode comprar apenas uma fração de 25, 50 ou 100 dólares desse título. O serviço inclui ainda a possibilidade de comprar pacotes de ações. Um pack de 125 dólares inclui frações de títulos da Disney, da Apple, do Facebook e da Tesla.

O cartão não tem prazo de validade e pode ser sempre reinvestido ou então vendido, tal como uma normal carteira de títulos. Basta fazer o registo online e ativar a compra.

As ações mais populares do Stockpile, revela Avi Lele, são a Apple, Facebook e a Alphabet, dona da Google. São sobretudo comprados por clientes com mais de 30 anos como presente de aniversário ou de Natal para jovens com menos de 30, ou seja, para a geração millennial, para quem a bolsa de valores não é uma prioridade.

De acordo com um estudo da gestora de ativos Bankrate, apenas 26% dos adultos norte-americanos com menos de 30 anos investem em bolsa. A falta de confiança nos mercados é o principal motivo.

O fundador do Stockpile dá um conselho no sentido inverso.0 “É muito melhor começar a investir aos 20 do que aos 30 ou aos 40”, considera Avi Lele. O momento positivo que o mercado atravessa é só uma das razões. O índice S&P, que serve de base ao Stockpile, já valorizou perto de 9% desde o início do ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: REUTERS/Albert Gea

Crise na Catalunha não afecta BPI

António Ramalho, presidente do Novo Banco

Novo Banco coloca PME como prioridade

Foto: Filipe Amorim / Global Imagens

Quem é Siza Vieira, o conselheiro de Costa que passa a ministro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Já pode investir na bolsa enquanto faz as compras do mês