Mercados

Jerónimo Martins sobe 4,5% e puxa pela bolsa portuguesa

REUTERS/Simon Dawson
REUTERS/Simon Dawson

A bolsa de Lisboa segue em alta, em linha com a Europa, com a Jerónimo Martins a puxar pelos ganhos ao subir mais de 4,5%.

A dona da cadeia de supermercados Pingo Doce anunciou na segunda-feira após o fecho do mercado que aumentou as vendas líquidas em 6,5% para 17,3 mil milhões de euros em 2018, apesar dos menos 21 dias de vendas na Polónia.

Das principais insígnias, a polaca Biedronka cresceu 5,6% para 11.691 milhões de euros e o português Pingo Doce aumentou em 4,6% em 2018 face a 2017, para 3.835 milhões de euros.

Pelas 08:50, a bolsa de Lisboa seguia com o principal índice, o PSI20, a subir 0,72% para 4.986,33 euros.

Dos 18 títulos que compõem o índice, 13 seguiam em alta, três inalterados e dois em alta.

A liderar os ganhos seguia a Jerónimo Martins, com as ações a dispararem 4,54% para 11,28 euros, seguidas da Mota Engil, que avançavam 2,53% para 1,79 euros.

A Galp e o BCP seguiam igualmente em alta de 0,76% e 0,66% para 14,66 euros e 0,24 euros, respetivamente.

Em terreno negativo seguiam apenas a EDP Renováveis e EDP com descidas de 0,13% e 0,06% para 7,92 euros e 3,08 euros, respetivamente.

Lisboa seguia a negociar entre uma restante Europa que negociava também em alta, à espera da votação crucial do acordo do ‘Brexit’ entre a primeira-ministra britânica, Theresa May, e Bruxelas, que ocorre hoje no Parlamento britânico.

Os mercados também vão estar atentos ao início da apresentação de resultados empresariais, que começou na segunda-feira nos Estados Unidos, e à votação.

Em Nova Iorque, a bolsa de Wall Street terminou na segunda-feira em baixa, com o Dow Jones a cair 0,36% para 23.909,84 pontos, depois de ter atingido em 03 de outubro 26.828,39 pontos, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a recuar 0,94% para 6.905,92 pontos, depois de ter avançado até aos 8.109,69 pontos em 29 de agosto, atual máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1476 dólares, contra 1,1466 dólares na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu hoje em alta, a cotar-se a 59,83 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, mais 1,3% que na sessão anterior e depois de ter estado acima dos 85 dólares no início de outubro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes. MÁRIO CRUZ/LUSA

Famílias ficam com um pouco mais de salário ao final do mês

Miguel Almeida, CEO da NOS

Comité de Ética da NOS vai ouvir os administradores envolvidos no Luanda Leaks

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa durante a cerimónia de tomada de posse do XXII Governo Constitucional, liderado pelo secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 26 de outubro de 2019. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: É bem-vindo a Portugal todo o investimento no respeito da legalidade

Jerónimo Martins sobe 4,5% e puxa pela bolsa portuguesa