Netflix

Netflix vai ao mercado para financiar novos conteúdos próprios

REUTERS/Steve Marcus
REUTERS/Steve Marcus

O objetivo da iniciativa é financiar filmes e séries originais em 2018, ano em que a Netflix pretende gastar entre sete a oito mil milhões de dólares

A aposta da Netflix na produção de conteúdos próprios é para manter. O serviço de streaming anunciou esta segunda-feira que vai avançar para a maior emissão de dívida de sempre. Ao todo, a Netflix pretende angariar 1,6 mil milhões de dólares, cerca de 1,35 mil milhões de euros, junto dos investidores.

O objetivo da iniciativa é financiar filmes e séries originais em 2018, ano em que a Netflix pretende gastar entre sete a oito mil milhões de dólares (aproximadamente 5,9 a 6,7 mil milhões de euros) na produção de conteúdos próprios.

As novas obrigações são destinadas a investidores institucionais qualificados e vencem em 2028, segundo consta no prospeto descrito pelo Financial Times. A operação é liderada pelo Morgan Stanley e conta ainda com o Goldman Sachs, o JP Morgan, o Deutsche Bank, o Wells Fargo e o Allen & Company.

A Netflix fechou o terceiro trimestre com mais 5,3 milhões de subscritores, superando as previsões dos analistas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir até 50 mil milhões para liderarem eólicas no mar

EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir até 50 mil milhões para liderarem eólicas no mar

Da esquerda para a direita: Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

OCDE. Dinamismo das exportações nacionais tem o pior registo da década

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Netflix vai ao mercado para financiar novos conteúdos próprios