Netflix

Netflix vai ao mercado para financiar novos conteúdos próprios

REUTERS/Steve Marcus
REUTERS/Steve Marcus

O objetivo da iniciativa é financiar filmes e séries originais em 2018, ano em que a Netflix pretende gastar entre sete a oito mil milhões de dólares

A aposta da Netflix na produção de conteúdos próprios é para manter. O serviço de streaming anunciou esta segunda-feira que vai avançar para a maior emissão de dívida de sempre. Ao todo, a Netflix pretende angariar 1,6 mil milhões de dólares, cerca de 1,35 mil milhões de euros, junto dos investidores.

O objetivo da iniciativa é financiar filmes e séries originais em 2018, ano em que a Netflix pretende gastar entre sete a oito mil milhões de dólares (aproximadamente 5,9 a 6,7 mil milhões de euros) na produção de conteúdos próprios.

As novas obrigações são destinadas a investidores institucionais qualificados e vencem em 2028, segundo consta no prospeto descrito pelo Financial Times. A operação é liderada pelo Morgan Stanley e conta ainda com o Goldman Sachs, o JP Morgan, o Deutsche Bank, o Wells Fargo e o Allen & Company.

A Netflix fechou o terceiro trimestre com mais 5,3 milhões de subscritores, superando as previsões dos analistas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Trabalhos de descarga de contentores no Porto de Sines, 12 de fevereiro de 2020. TIAGO CANHOTO/LUSA

Exportações com quebra de 17% na primeira metade do ano

Isabel Camarinha, líder da CGTP, fala aos jornalistas após audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, 30 de julho de 2020. (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

CGTP. Governo nega complemento a quem esteve em lay-off sem justificação

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Netflix vai ao mercado para financiar novos conteúdos próprios