Mercados

Petróleo recua com produção da OPEP

Aumento da produção de crude pelo cartel contraria descida da produção pelos EUA e queda do dólar e penalizar preço do petróleo

Os preços do petróleo seguem a recuar no arranque desta semana com o aumento da produção da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) a contrariar a queda da produção pelos Estados Unidos e a desvalorização do dólar.

Deste modo, o barril de petróleo Brent – a referência para as importações nacionais – segue a descer para os 46,9 dólares, tal como o crude negociado em Nova Iorque que segue a recuar para os 45,59 dólares.

“Um dólar mais fraco deixou de interessar aos investidores dos mercados petrolíferos”, afirmou um analista à Reuters. Outro analista salientou também à Reuters que “um excesso de produção poderá forçar à interrupção pelas refinarias até ao fim do ano”.

De acordo com um inquérito feito pela Reuters, as reservas da OPEP aumentaram para 32,64 milhões de barris por dia em abril, acima dos 32,47 milhões registados em março.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
ice-cream-cone-1274894_1920

Há pecados de verão que apetecem mesmo nos dias de chuva

ice-cream-cone-1274894_1920

Há pecados de verão que apetecem mesmo nos dias de chuva

João Galamba, Secretário de Estado da Energia 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

João Galamba: “Há diferença entre encontrar rendas excessivas e cortá-las”

Outros conteúdos GMG
Petróleo recua com produção da OPEP