Bolsa

‘Bicicleta’ de Ronaldo afunda ações da Juventus

EPA/ANDREA DI MARCO
EPA/ANDREA DI MARCO

As ações da Juventus afundaram quase 8% esta quarta-feira, para um mínimo de oito meses, depois de o clube ter perdido por 3-0 frente ao Real Madrid.

As ações da Juventus afundaram quase 8% esta quarta-feira, para um mínimo de oito meses, depois de o clube ter perdido por 3-0 frente ao Real Madrid, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, em Turim, num jogo em que um golo de Cristiano Ronaldo, marcado por pontapé de bicicleta, correu mundo.

As ações tocaram nos 61 cêntimos de euro para fechar nos 62,45 cêntimos, a cair 5,66% na sessão desta quarta-feira, segundo dados da Reuters.

A queda levou as ações da equipa controlada pela holding Exor, da família Agnelli – que controla a Ferrari e a Fiat Chrysler – para o valor mais baixo desde agosto de 2017, ficando com uma capitalização bolsista de 633 milhões de euros.

O clube liderou as quedas no índice STOXX Europe de Futebol, que recuou 0,88%.

Com a derrota sofrida frente ao real Madrid, a Juventus fica mais longe de poder aceder ao bónus adicional de mais de 7,5 milhões de euros da UEFA acessível às equipas que cheguem à meia-final da competição.

Os clubes participantes na Liga dos Campeões, nesta época, vão poder partilhar receitas globais de 1,27 mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

‘Bicicleta’ de Ronaldo afunda ações da Juventus