Dívida

Portugal vai emitir até 1.000 milhões em dívida de curto prazo

Cristina Casalinho, presidente do IGCP.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)
Cristina Casalinho, presidente do IGCP. (PAULO SPRANGER/Global Imagens)

O IGCP vai realizar dois leilões de Bilhetes do Tesouro com maturidade em novembro de 2019 e julho de 2020.

Portugal vai emitir até 1.000 milhões de euros em dívida de curto prazo, na próxima quarta-feira, dia 21 de agosto, anunciou o IGCP- Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.

Atualmente, no mercado secundário, os juros da dívida soberana portuguesa estão em terreno negativo até aos sete anos. Ontem, os juros da dívida a 10 anos desceram abaixo dos 0,1% pela primeira vez.

“O IGCP vai realizar no próximo dia 21 de agosto pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de Bilhetes do Tesouro com maturidades em 22 de novembro de 2019 e 17 de julho de 2020, com um montante indicativo global entre 750 milhões de euros e 1.000 milhões de euros”, refere o IGCP no anúncio publicado esta sexta-feira.

Os juros da dívida portuguesa a três meses estão mais negativos esta sexta-feira, nos -0,46% e os da dívida a 12 meses seguem praticamente estabilizados nos -0,53%.

Atualizada às 16H56

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto:  EPA/ANDY RAIN

Sem acordo pós-brexit, Portugal pode exportar menos cerca de 300 milhões

marcelo

Marcelo admite possível “problema europeu” mas sem fecho de fronteiras

Foto: D.R.

PSI20 cai 2,28%. Perdas na Europa continuam devido ao coronavírus

Portugal vai emitir até 1.000 milhões em dívida de curto prazo