Bolsa

PSI-20 arranca positivo apesar de perdas na energia

25058591_06_24T060654Z_1412766887_S1AETLRUEOAA_RTRMADP_3_BRITAIN_EU_MARKETS-1060x594

A travar maiores ganhos estão a EDP, a desvalorizar mais de 0,70%, um dia após a energética ter anunciado os lucros mais baixos que desde 2004.

O principal índice nacional arrancou a sessão com sinal positivo, em linha com as principais praças europeias, à exceção de Londres.

O FTSE 100, índice de referência britânico, iniciou sessão a desvalorizar perto de 0,60%. Este comportamento ocorre no dia em que o acordo de saída do Reino Unido do bloco europeu vai a votos pela segunda vez, depois de ter chumbado em janeiro deste ano.

Pelas 8:15, o PSI-20 segue a apreciar 0,18% para os 5.192,92 pontos. Os ganhos são impulsionados pelo BCP, que iniciou o dia a subir 0,48%, e pela Jerónimo Martins, que ganha 0,74%. Também a Sonae arrancou no verde, neste dia, a somar 0,16%.

A travar maiores ganhos estão a EDP, a desvalorizar mais de 0,70%, um dia após a energética ter anunciado os lucros mais baixos que desde 2004, e a Galp, a perder mais de 0,50%.

Nos mercados asiáticos, o dia foi de ganhos. A bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, fechou a subir 1,1%, para 3.060,31 pontos. Também Shenzhen, a segunda praça financeira do país, avançou 1,41%, para 9.841,24 pontos. O principal índice da bolsa de Tóquio, o Nikkei, subiu 1,79%, no fecho, para os 21.503,69 pontos. Também o segundo índice de referência, o Topix, ganhou 1,52%, nas últimas transações do dia, cotando-se nos 1.605,48 pontos.

Nota também para os preços do petróleo nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e referência para as importações nacionais, sobe 0,33% para os 66,80 dólares por barril. O West Texas Intermediate, negociado em Nova Iorque, cresce 0,46% para 57,05 dólares por barril.

Notícia atualizada pela última vez às 8:25

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença parental paga até um ano no trabalho em part-time

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

PSI-20 arranca positivo apesar de perdas na energia