PSI20 avança 0,85% em dia de ganhos expressivos na Europa

A bolsa de Lisboa encerrou hoje com o índice PSI20 a subir 0,85% para 4.434,06 pontos, em dia de ganhos mais expressivos nas principais praças europeias.

Das 18 cotadas que integram o índice PSI20, 12 ficaram em alta, cinco em baixa e uma inalterada. A Ibersol liderou os ganhos ao avançar 9,92% para 5,76 euros.

Nas maiores subidas terminaram ainda a Mota-Engil (3,91% para 1,33 euros), os CTT (3,72% para 2,79 euros), a Galp (2,96% para 9,61 euros) e o BCP (2,71% para 0,11 euros).

Entre as cotadas com valorizações inferiores a 2% ficaram a Navigator (2,26 euros), a Sonae SGPS (0,61 euros), a NOS (3,67 euros), a Altri (4,47 euros) e a Semapa (8,04 euros).

A travar uma maior subida do PSI20 estiveram as descidas da Corticeira Amorim (-1,71% para 10,36 euros), da Jerónimo Martins (-0,50% para 14,02 euros), da EDP Renováveis (-0,43% para 13,94 euros), da REN (-0,41% para 2,44 euros) e da EDP (-0,16% para 4,34 euros).

No resto da Europa, Madrid subiu 2,97%, Milão 2,84%, Paris 2,41%, Frankfurt 2,04% e Londres 1,71%, com os mercados impulsionados essencialmente pelos setores bancários e energético.

As bolsas europeias beneficiaram ainda da divulgação de dados económicos positivos, como a subida da confiança dos investidores na Alemanha em agosto, depois de uma descida ligeira em julho.

O Centro de Investigação Económica Europeia (ZEW) informou hoje que o seu índice de confiança dos investidores subiu em agosto para 71,5 pontos, mais 12,2 do que no mês anterior.

A animar os mercados bolsistas estiveram também as notícias que indicam que a Rússia foi o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de