PSI20 desce 0,65% na segunda sessão consecutiva em queda

A bolsa de Lisboa encerrou esta sexta-feira em queda, pelo segundo dia consecutivo, com o índice PSI20 a descer 0,65% para 4.342,98 pontos, em linha com a maioria das praças europeias.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 12 desceram e seis subiram. A Mota-Engil liderou as descidas ao cair 12,84% para 1,67 euros, após uma subida de 32,32% na sessão anterior.

Na quinta-feira, a construtora anunciou que está a negociar um acordo de parceria estratégica e investimento com a China Communications Construction Company, Ltd. (CCCC).

Nas maiores descidas terminaram também a Pharol (-2,58% para 0,11 euros), a Jerónimo Martins (-1,71% para 13,81 euros), a Altri (-1,52% para 4,14 euros), a Ibersol (-1,46% para 5,40 euros) e a NOS (-1,25% para 3,47 euros).

Entre as cotadas com desvalorizações abaixo de 1% ficaram a Sonae SGPS (-0,98% para 0,61 euros) e a EDP (-0,37% para 4,26 euros).

Nas subidas, a Novabase liderou e terminou com uma valorização de 0,90% para 3,37 euros, seguida da EDP Renováveis, que somou 0,70% para 14,36 euros.

Com ganhos mais moderados, a Galp subiu 0,37% para 9,14 euros, a Corticeira Amorim avançou 0,30% para 9,98 euros, a Sonae Capital somou 0,29% para 0,69 euros e o BCP progrediu 0,20% para 0,10 euros.

No resto da Europa, Londres perdeu 0,61%, Frankfurt 0,48%, Paris 0,26% e Milão 0,03%, mas Madrid contrariou esta tendência negativa e somou 0,60%, beneficiando dos ganhos da banca.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de