Bolsa

PSI20 inverte tendência e segue em alta alinhado com Europa

Foto: REUTERS/Henry Nicholls
Foto: REUTERS/Henry Nicholls

A bolsa de Lisboa negoceia em alta, invertendo a tendência da abertura e alinhada com a tendência das principais bolsas europeias.

Pelas 08:55 (hora de Lisboa), o principal índice, o PSI20, seguia a avançar 0,06% para 5.002,77 pontos, com nove ações em alta, sete em baixa e duas inalteradas (a REN e a Sonae Capital).

A Mota Engil e os CTT eram as ações que mais subiam, avançando 0,92% e 0,79% para 1,99 euros e 2,28 euros, respetivamente.

A EDP e a Galp seguiam em alta de 0,33% e 0,26% para 3,60 euros e 13,59 euros, respetivamente.

Do lado das perdas, a Ramada Investimentos e a Ibersol eram as empresas que mais desciam, com desvalorizações de 3,19% e 2,16% para 6,06 euros e 7,24 euros, respetivamente.

A Jerónimo Martins e o BCP seguiam a desvalorizar-se 0,13% e 0,10% para 15,06 euros e 0,20 euros, respetivamente.

Lisboa seguia alinhada com a tendência das principais bolsas europeias que estavam hoje em alta, exceto Paris, pendentes da cimeira de líderes europeus que hoje se inicia em Bruxelas e que se focará nas negociações sobre o ‘Brexit’, mas também no orçamento da União Europeia, nas prioridades estratégicas e nas alterações climáticas.

A nível cambial, o euro abriu hoje a descer no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1079 dólares, contra 1,1081 dólares na quinta-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 58,95 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 59,42 dólares na quarta-feira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
PSI20 inverte tendência e segue em alta alinhado com Europa