PSI20 mantém-se em queda alinhado com a tendência pessimista das congéneres europeias

A bolsa de Lisboa mantinha-se em queda, alinhada com as principais congéneres europeias, com os investidores preocupados com as novas restrições adotadas devido ao avanço da segunda vaga de covid-19.

Na quarta-feira, o PSI20 encerrou a sessão a ganhar 0,34% para 4.300,30 pontos, numa Europa sem tendência definida.

Hoje, pelas 09:00, o índice de referência, o PSI20, seguia a recuar 1,32% para 4.243,46 euros, com 15 ações em baixa, duas em alta e uma inalterada.

O BCP e a Mota Engil eram as ações que mais perdiam, com descidas de 2,79% e 2,65% para 0,08 euros e 1,10 euros, respetivamente.

A Galp recuava 2,16% para 8,14 euros e a EDP perdia 1,76% para 4,63 euros, enquanto a EDP Renováveis descia 1,62% para 17,02 euros.

Já a Jerónimo Martins e a Ibersol seguiam em alta de 1,36% e 1,10% para 14,94 euros e 4,59 euros, respetivamente.

As principais bolsas europeias abriram hoje em baixa, preocupadas com as novas restrições adotadas na Europa devido ao avanço do novo coronavírus e à falta de acordo em relação ao novo pacote de estímulos nos Estados Unidos.

Os investidores vão estar hoje pendentes das negociações sobre o 'Brexit' - hoje é a data limite fixada por Londres para s negociações com a União Europeia (UE) -, enquanto no plano macroeconómico, os encontros chave serão os pedidos iniciais semanais de desemprego nos Estados Unidos, os indicadores 'flash' da indústria transformadora e a apresentação de mais resultados como os do Morgan Stanley.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1742 dólares, contra 1,1751 dólares na quarta-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1944 dólares, em 31 de agosto.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu com tendência descendente, mas a cotar-se a 43,15 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 43,32 dólares na quarta-feira e o máximo desde março, de 48,29 dólares, em 25 de agosto.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de