PSI20 perde 0,62% na quarta sessão em queda

A bolsa de Lisboa encerrou hoje em queda, prolongando as perdas pela quarta sessão consecutiva, ao registar uma descida de 0,62% para 4.407,45 pontos no índice PSI20.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 12 desceram, três subiram e três ficaram inalteradas.

A Mota-Engil liderou as descidas e baixou 3,62% para 1,44 euros, após ter acumulado ganhos durante as últimas seis sessões.

Nas maiores descidas ficaram ainda a Navigator (-2,19% para 2,32 euros), a Pharol (-1,38% para 0,11 euros), a Altri (-1,25% para 4,43 euros) e o BCP (-1,04% para 0,10 euros).

No mesmo sentido, a NOS caiu 0,99% para 3,59 euros, a EDP baixou 0,85% para 4,33 euros e a Sonae SGPS recuou 0,83% para 0,60 euros.

Com desvalorizações mais baixas, a Galp caiu 0,23% para 9,43 euros e a EDP Renováveis cedeu 0,14% para 13,80 euros.

A travar uma maior queda do PSI20 estiveram as subidas da Ibersol (2,27% para 5,40 euros), da Novabase (0,31% para 3,28 euros) e da Jerónimo Martins (0,04% para 13,98 euros).

As principais bolsas europeias também fecharam em baixa, pressionadas pela tensão comercial entre a China e os Estados Unidos. Pequim acusou hoje Washington de prejudicar o comércio mundial com um endurecimento de sanções que ameaça paralisar o grupo tecnológico Huawei, tendo garantido que irá proteger as empresas chinesas, mas sem avançar com possíveis retaliações.

Londres perdeu 0,83%, Paris 0,68%, Madrid 0,66%, Milão 0,52% e Frankfurt 0,30%.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de