PSI20 recua 1,75% em linha com a Europa

O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, encerrou hoje a recuar 1,75% para 4.248,32 pontos, em linha com as bolsas europeias.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 13 desceram e cinco subiram.

A liderar as descidas ficou a EDP, que cedeu 5,44% para 4,14 euros.

A EDP registou 315 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, uma descida de 22% em comparação com igual período do ano anterior, impactado pela redução do consumo sobretudo durante o confinamento, conforme foi comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta quinta-feira.

Só em Portugal, a elétrica teve um prejuízo de 32 milhões de euros entre janeiro em junho, “no seguimento de dois anos consecutivos de prejuízos nas atividades convencionais no mercado doméstico”.

Entre as principais perdas ficaram ainda a EDP Renováveis, que subtraiu 4,19% para 13,72 euros, a Corticeira Amorim, que se desvalorizou 2,91% para 10 euros, a Mota-Engil, que também totalizou menos 2,91% para 1,47 euros, a Novabase, que caiu 2,40% para 3,26 euros e a REN, que retrocedeu 1,44% para 2,39 euros.

Nas maiores descidas figuram também a Pharol, que contraiu 1,44% para 0,11 euros, a NOS, que diminuiu 1,35% para 3,35 euros, a Jerónimo Martins, que baixou 1,26% para 13,76 euros e a Ibersol, que caiu 1,11% para 5,36 euros.

Na quinta-feira foi igualmente comunicado à CMVM que a EDP Renováveis totalizou 255 milhões de euros de lucro nos primeiros seis meses do ano, uma queda homóloga de 26%.

Com perdas inferiores a 1% ficaram os CTT (2,59 euros), a Sonae SGPS (0,60 euros) e a Galp (8,89 euros).

Já a liderar as subidas ficou o BCP, que avançou 1,29% para 0,09 euros, seguido pela Semapa, que adicionou 1% para 8,05 euros.

Com ganhos abaixo de 1% ficaram a Navigator (2,29 euros), a Altri (4,39 euros) e a Sonae Capital (0,69 euros).

No resto da Europa, Frankfurt retrocedeu 1,65%, Paris 0,89%, Londres 0,88% e Madrid 0,23%.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de