Bolsa

PSI20 segue negativa com Galp a pressionar após divulgação de resultados

bolsa lisboa
Fotografia: Rungroj Yongrit/EPA

A bolsa de Lisboa seguia hoje negativa, com a Galp a pressionar após ter divulgado que o lucro de 2019 caiu 21% em 2019 para 560 milhões de euros, face ao ano anterior.

Cerca das 09:00, o principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, seguia a cair 0,25% para 5.383,97 pontos, com 12 ações em baixa, quatro em alta e duas inalteradas.

Do lado dos ganhos, os CTT e a REN eram as que mais subiam, com ganhos de 0,84% e 0,36% para 2,87 e 2,79 euros, respetivamente.

A EDP e a Jerónimo Martins puxavam pelos ganhos do índice, ao subirem 0,33% e 0,26% para 4,84 euros e 17,13 euros, respetivamente.

Do lado das perdas, as ações da Corticeira Amorim e da Altri lideravam a cair 1,67% e 1,41% para 10,62 euros e 5,60 euros, respetivamente.

As ações da Galp Energia seguiam a perder 1,24% para 13,95 euros, depois da petrolífera portuguesa ter divulgado que o lucro caiu 21% para os 560 milhões de euros em 2019 face ao ano anterior.

Segundo os resultados comunicados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) antes da abertura dos mercados, o resultado líquido anual ajustado totalizou 560 milhões de euros, 21% abaixo do registado em 2018, sendo que de acordo com as normas contabilísticas internacionais (IFRS) a queda é de 46%, para 389 milhões.

No quarto trimestre de 2019, o lucro tinha crescido 44% em termos homólogos para 157 milhões (106 milhões de euros em IFRS).

Lisboa seguia alinhada com as principais bolsas europeias, que estavam hoje em baixa, pendentes da propagação do coronavírus e da divulgação de indicadores macroeconómicos.

Os investidores animaram-se depois de o Banco Central da China ter anunciado medidas de estímulo para compensar os efeitos do surto do novo coronavírus na economia.

Concretamente, o Banco Central da China anunciou uma descida da taxa de juro de médio prazo para 3,15%, que pode abrir uma porta para uma queda da taxa de juro básica, atualmente em 4,15%.

Com estas medidas, os investidores deixaram de lado a preocupação com o Covid-19, que segundo os últimos dados, infetou mais de 72.456 pessoas e provocou 1.868 vítimas mortais.

A bolsa de Wall Street reabre hoje depois de ter estado fechada na segunda-feira, a terceira de fevereiro, devido ao feriado do Dia do Presidente.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0828 dólares, um mínimo desde o final de abril de 2017, contra 1,0832 na segunda-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em abril de 2020 abriu hoje em baixa, a cotar-se a 56,82 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 57,67 dólares na segunda-feira e o mínimo desde 26 de dezembro de 2018, de 53,27 dólares, em 10 de fevereiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Segurança Social pagou até hoje 992 milhões em apoios

Espanha Portugal

Mais um golpe no turismo. Bélgica mantém Portugal na lista de países de risco

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo quer manter apoios às empresas para evitar mais miséria e desemprego

PSI20 segue negativa com Galp a pressionar após divulgação de resultados