PSI20 segue negativo com Jerónimo Martins, BCP e Galp a pressionarem as negociações

A bolsa de Lisboa seguia em terreno negativo, mantendo a tendência da abertura e a das principais congéneres europeias, com as ações do BCP, Jerónimo Martins e da Galp a pressionarem as negociações.

Na sexta-feira, o principal índice, o PSI20, encerrou com uma descida de 1,51% para 5.038,24 pontos, acompanhando a tendência negativa das bolsas europeias.

Hoje, pelas 09:00, o PSI20 seguia em queda de 0,71% para 5.002,46 pontos, com 15 ações em baixa e três inalteradas.

A liderar as perdas seguiam a Sonae e o BCP, com os títulos a recuarem 2,21% e 2% para 0,71 euros e 0,13 euros, respetivamente.

A Galp seguia também em queda de 1,14% para 8,85 euros, enquanto a Jerónimo Martins recuava 1,01% para 14,67% e a EDP descia 0,19% para 5,34 euros.

OS CTT, a EDP Renováveis e a Ibersol seguiam inalteradas nos 2,45 euros, 23,05 euros e 4,97 euros, respetivamente.

As principais bolsas europeias abriram hoje em baixa, apesar do anúncio de indicadores positivos sobre a economia chinesa.

A nível cambial, o euro abriu hoje em baixa no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,2073 dólares, contra 1,2082 dólares na sexta-feira e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em março abriu com tendência negativa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 54,71 dólares, contra 55,10 dólares na sexta-feira e um novo máximo desde fevereiro de 2020, de 56,58 dólares, em 12 de janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de