PSI20 sobe 1,26% entre uma restante Europa sem tendência definida

Das 17 cotadas que integram o PSI20, 12 subiram e cinco desceram.

O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, encerrou esta quarta-feira com uma subida de 1,26% para 4.628,63 pontos, entre uma restante Europa sem tendência definida. Das 17 cotadas que integram o PSI20, 12 subiram e cinco desceram.

A liderar as subidas ficou a Ibersol, que avançou 4,49% para 4,65 euros. Entre os principais ganhos ficaram também os CTT, valorizando-se 4,15% para 2,51 euros, a Sonae SGPS, que adicionou 3,45% para 0,67 euros, a EDP Renováveis, que somou 2,46% para 17,50 euros. Contam-se ainda o BCP, que totalizou mais 2,43% para 0,12 euros, a REN, que progrediu 1,77 para 2,31%, a EDP, que ascendeu 1,65% para 4,51 euros e a Jerónimo Martins, que subiu 1,61% para 14,17 euros.

Nas principais subidas figuram ainda a Corticeira Amorim, que ganhou 1,37% para 10,38 euros, a Navigator, que conseguiu mais 1,33% para 2,44 euros, a Mota-Engil, que cresceu 1,25% para 1,46 euros e a Semapa, que alcançou mais 1,14% para 8,88 euros.

No sentido inverso, a liderar as descidas ficou a NOS, que cedeu 2,38% para 3,12 euros. Nas principais perdas ficaram também a Altri, que recuou 1,34% para 4,41 euros e a Galp, que retrocedeu 1% para 9,72 euros. Com descidas abaixo de 1% ficaram a Novabase (3,27 euros) e a Pharol (0,11 euros).

No resto da Europa, Londres perdeu 0,64% e Frankfurt 0,02%, enquanto Madrid progrediu 0,26% e Paris 0,23%.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de