Empresas

Science4you quer entrar em bolsa

Miguel Pina Martins, CEO da Science4you.

(Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)
Miguel Pina Martins, CEO da Science4you. (Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)

A companhia de brinquedos liderada por Miguel Pina Martins que avançar para o mercado de capitais.

A empresa portuguesa de brinquedos Science4you quer entrar em bolsa. De acordo com a informação presente no site da CMVM quer “lançar uma Oferta Pública de Distribuição (IPO – Initial Public Offer) sobre ações representativas do seu capital social e solicitar a respetiva admissão à negociação no sistema de negociação multilateral Euronext Growth”.

A abertura do capital da companhia liderada por Miguel Pina Martins tem como objetivo “dotar a empresa de uma estrutura de financiamento mais diversificada, sobretudo ao nível do seu capital, adequada à continuação da sua expansão e criação de valor para os seus acionistas”.

“Está previsto que o IPO inclua a emissão de novas ações pela Science4you, S.A., em montante de aproximadamente 8,25 milhões de euros, e uma venda parcial de ações já existentes detidas por atuais acionistas da empresa. Assim, é expectável que o IPO seja constituído por uma componente de aumento de capital e outra de venda de ações de atuais acionistas da empresa, podendo chegar até ao montante total de 15 milhões de euros, o que equivale a uma percentagem de capital a dispersar de até 45% do capital social”.

Entre os acionistas da Science4you está o próprio Miguel Pina Martins, bem como o Millennium Fundo de Capitalização, a Portugal Ventures (sociedade pública de capital de risco) e o Banco Europeu de Investimento.

“A nossa missão é alimentar o sonho e reforçar o conhecimento de milhões de crianças em todo o mundo. Esta operação permitirá continuar esta missão tornando a nossa marca mais forte, reconhecida e capaz de continuar a inovar nesta importante indústria mundial”, diz Miguel Pina Martins, em comunicado.

A Science4you nasceu em janeiro de 2008 no âmbito de um projeto académico de Miguel Pina Martins. Tem escritórios em Lisboa e no Porto, e as filiais em Madrid e Londres. Exporta para mais de 60 países e conta com uma linha de mais de 500 brinquedos científicos e educativos.

(notícia atualizada pela última vez às 9:37)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Rodrigo Cabrita/Global Imagens

Idosos com isenção de mais-valias se aplicarem dinheiro em PPR

Cecília Meireles

CDS também quer IRS atualizado à taxa de inflação

Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

“A banca não está a ajudar o Sporting na emissão obrigacionista”

Outros conteúdos GMG
Science4you quer entrar em bolsa