Futebol

Sporting diz que não houve pedidos de rescisões nem suspensões

Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens
Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens

O regulador do mercado de capitais exigiu esclarecimentos aos verde e brancos sobre o impacto dos incidentes desta terça-feira.

A SAD do Sporting garantiu ao regulador do mercados de capitais que não houve jogadores a pedir a rescisão por justa causa dos incidentes desta terça-feira. E garantiu que não existem suspensões na equipa profissional e na equipa técnica.

“Não foi manifestada qualquer intenção de rescisão dos contratos de trabalho por parte de qualquer jogador da equipa principal de futebol profissional”, diz a SAD liderada por Bruno de Carvalho num esclarecimento pedido pela CMVM. O Sporting adiantou ainda que “não há qualquer suspensão ou rescisão do vinculo laboral de qualquer dos elementos da equipa técnica do plantel principal de futebol profissional”.

Após as agressões a jogadores e equipa técnica esta terça-feira na Academia de Alcochete, foi noticiado que haveria futebolistas dos verde e brancos a estudar formas de rescindir unilateralmente com o clube.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 7. Patrões e motoristas divididos por 50 euros

Motoristas em greve junto à saída da sede da Companhia Logística de Combustíveis (CLC), em Aveiras de Cima, durante a greve por tempo indeterminado dos motoristas de matérias perigosas e de mercadorias, Azambuja, 16 de agosto de 2019. Portugal está, desde sábado e até às 23:59 de 21 de agosto, em situação de crise energética, decretada pelo Governo devido a esta paralisação, o que permitiu a constituição de uma Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA), com 54 postos prioritários e 320 de acesso público. TIAGO PETINGA/LUSA

Greve dos motoristas: atenções voltadas para plenário de trabalhadores

Outros conteúdos GMG
Sporting diz que não houve pedidos de rescisões nem suspensões