Poupança

Subscrição de certificados do tesouro abranda em setembro

Desde o início deste ano o saldo de certificados do tesouro subscritos aumentou 1.238 milhões de euros.

O saldo de investimento em certificados do tesouro aumentou 134 milhões de euros em setembro, o valor mais baixo desde abril deste ano, enquanto os certificados de aforro continuaram a registar menos investimento, recuando sete milhões de euros.

Em comparação, o saldo de certificados do tesouro aumentou 166 milhões de euros em agosto e em setembro de 2017 disparou 264 milhões de euros, segundo dados do Boletim Estatístico divulgados pelo Banco de Portugal esta segunda-feira.

Em setembro, o saldo dos certificados do tesouro situava-se em 16.271 milhões de euros face a 16.137 milhões de euros no mês anterior e contra 14.305 milhões de euros em igual mês do ano passado.

Desde o início deste ano o saldo de certificados do tesouro subscritos aumentou 1.238 milhões de euros.

A dívida direta do Estado recuou para 245.043 milhões de euros em setembro de 245.785 milhões de euros no mês anterior. O financiamento através de títulos situou-se em 6,9 mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Pedro Fernandes

Há mais de 500 mil imóveis a pagar “imposto Mortágua”

coronavirus juros

BCE. Estado deverá assumir 5% a 10% das perdas dos créditos garantidos

portugal covid 19 coronavirus

1342 mortos e 31007 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Subscrição de certificados do tesouro abranda em setembro