Euribor

Taxa Euribor a seis meses cai para novo mínimo

Taxas Euribor a descer

O valor mais alto da Euribor a seis meses desde julho de 2018, de -0,227%, foi registado em 27 de março.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, bateu esta quinta-feira um mínimo histórico, descendo 0,003 pontos para -0,409%, enquanto a 12 meses e a três meses as taxas subiram.

O valor mais alto da Euribor a seis meses desde julho de 2018, de -0,227%, foi registado em 27 de março.

A taxa Euribor a três meses subiu 0,002 pontos para -0,404%, depois de na sessão anterior ter estabelecido um novo mínimo de sempre, ao descer 0,004 pontos para -0,406.

O valor mais alto desde julho de 2018 da Euribor a três meses, de -0,306%, foi registado pela primeira vez em 24 de janeiro.

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor subiu hoje 0,003 pontos para -0,353%, depois de na terça feira ter registado um novo mínimo. O valor máximo desde julho de 2018 da Euribor a 12 meses, de -0,108%, registou-se pela primeira vez em 06 de fevereiro.

A evolução das taxas de juro Euribor está relacionada com as subidas ou descidas das taxas de juro diretoras do Banco Central Europeu (BCE).

Recentemente, têm estado a acentuar o valor negativo depois da indicação de Frankfurt de que vai manter as taxas de juro diretoras em níveis baixos, em vez das subidas que se perspetivavam, e de que podem mesmo voltar a baixar perante a pouca solidez do crescimento económico da zona euro.

Por agora, a taxa de juro aplicada às principais operações de refinanciamento está em 0%, a taxa de facilidade permanente de cedência de liquidez em 0,25% e a taxa de facilidade permanente de depósito em -0,40%.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Poupança das famílias subiu no 2º trimestre

Deco pede medidas urgentes para travar crédito ao consumo

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Taxa Euribor a seis meses cai para novo mínimo