Bolsa

Valor da Juventus em bolsa duplica com Ronaldo

Cristiano Ronaldo influenciou negativamente o título da Juventus. Fotografia: Reuters/Massimo Pinca
Cristiano Ronaldo influenciou negativamente o título da Juventus. Fotografia: Reuters/Massimo Pinca

A Juventus FC valorizou 130% desde os rumores da transferência do jogador para o clube, e vale agora em bolsa 1,58 mil milhões de euros.

A cotação das ações da Juventus FC duplicou em bolsa desde notícias da contratação de Cristiano Ronaldo e poderá continuar a valorizar.

Desde o dia 3 de julho, quando surgiram os rumores da transferência do jogador português do Real Madrid para o clube italiano, as ações da Juventus valorizaram 130%. O clube tem esta terça-feira uma capitalização bolsista de 1,58 mil milhões de euros, segundo dados da Thomson Reuters.

As ações da Juventus seguiam a valer 1,581 euros às 16H00, a subir 0,64% face ao fecho de ontem. No dia 3 de julho, as ações valiam 0,664 euros.

“Se tivesse investido 1000 dólares (855 euros) na Juventus antes da saída de Ronaldo do real Madrid, há dois meses, isso valeria 2275 dólares (1944 euros) hoje”, aponta o site Business Insider.

Leia também: Quanto cobra Ronaldo por um ‘post’ nas redes sociais? Surpreenda-se com o valor

O efeito Ronaldo pode continuar a trazer ganhos à Juventus já que o clube espera aumentar as suas receitas de TV, patrocínio e atrair uma audiência global”, adianta a mesma publicação.

No dia 10 de julho, o clube italiano confirmou em comunicado ao mercado o acordo com o Real Madrid para a compra dos direitos de Ronaldo por 100 milhões de euros, mais custos adicionais. O clube assinou um contrato com Ronaldo por quatro anos, até 30 de junho de 2022.

O clube italiano vai pagar 340 milhões de euros para ter Ronaldo nas próximas três épocas. “Foi a primeira vez que o lado comercial e o lado desportivo do Juventus se uniram em aferir os custos e benefícios (da contratação)”, afirmou Andrea Agnelli, presidente do clube e membro da família dona da Juventus há quase um século. “A oportunidade Ronaldo foi extensivamente analisada e fazia sentido tanto dentro como fora do campo”, adiantou, citado pelo Financial Times.

Leia também: É assim que Ronaldo gasta os milhões que ganha

Os ganhos financeiros da super contratação começaram a chegar ao maior clube de futebol em Itália logo em julho. A febre Ronaldo levou a uma corrida dos adeptos à compra de camisolas do número 7. Em apenas 24 horas, o clube terá vendido 520 mil camisolas com o nome do jogador, segundo alguns media, gerando uma receita superior a 50 milhões de euros.

Ronaldo estreou-se como marcador na Juventus no campeonato italiano de futebol (e logo com dois golos), no passado domingo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão (E), fala durante a sua audição perante a Comissão de Orçamento e Finanças, conjunta com a Comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de janeiro de 2020. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Governo volta a negociar aumentos de 2020 com funcionários públicos

Greve escola função pública

Último ano da geringonça foi o de maior contestação na função pública

Valor da Juventus em bolsa duplica com Ronaldo