O Futuro dos pagamentos está nos dispositivos móveis

Pagar com o telemóvel, em lojas físicas e online, receber pagamentos com o mesmo dispositivo, em lojas, transportes públicos, sem nunca ter de tirar a carteira do bolso. Estas ideias do futuro são já o presente.

Numa altura em que muitos de nós já não trazem dinheiro físico nas carteiras, tudo aponta para que o caminho dos pagamentos avance em direção a outras soluções mais seguras, flexíveis e que proporcionem melhores experiências, ao invés de regressarmos ao tempo de contar moedas e notas. Quem o afirma é Gonçalo Lopes, Country Manager Portugal da Visa, que sublinha que os pagamentos sem contacto vão manter-se como uma das grandes tendências do setor para os próximos tempos.

"A adoção dos pagamentos sem contacto é transversal a todos os setores de comércio em Portugal. E estamos a viver uma nova era em que o gesto de aproximar o cartão do terminal é aquele que predomina", aponta Gonçalo Lopes em entrevista ao Dinheiro Vivo. Seja em lojas, nos transportes públicos - como já acontece no Metro do Porto - ou na mobilidade individual, através dos carregamentos dos veículos elétricos, os cartões são agora a opção mais utilizada para pagamento.

A Visa segue, no entanto, na dianteira de diversas inovações do setor, sejam aquelas que dizem respeito à experiência do consumidor ou também à experiência do comerciante. No caso do consumidor, o futuro traz pagamentos feitos com smartphones ou wearables, tanto em lojas físicas, como em lojas digitais, com igual segurança e fiabilidade, entre outras novidades - Click to Pay -, enquanto, para o comerciante, trabalha-se já em soluções que permitem transformar qualquer smartphone num terminal de pagamento - Tap to Phone.

Para conhecer estas inovações e ficar a saber mais sobre os avanços tecnológicos no setor dos pagamentos em Portugal, assista acima à conversa completa com Gonçalo Lopes.

Informe-se na Visa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de