CONTEÚDO PATROCINADO

O surf começa na estrada

imagem_abertura_SURF_ON_ROAD_DV_41

A região do Porto é uma das zonas de Portugal mais rica em praias propícias ao surf e, especialmente, à sua aprendizagem.

Já alguma das vezes que esteve na cidade Invicta, pensou em aproveitar as fantásticas praias e fazer surf? Ou aprender a fazer surf? A costa nortenha é famosa pelas ondas para todo o tipo de surfistas e todo o tipo de conhecimento que tenham. Por isto, existem várias escolas de surf nesta região de Portugal. E todas são diferentes.

A “Surf On Road” é uma escola de surf itinerante que, como o nome indica, apanha os alunos e procura os melhores locais para fazer surf na região do Porto, por entre praias, cenários e paisagens, para que tudo seja uma experiência inesquecível. Preparada para todo o tipo de surfistas, desde iniciantes, intermédios ou avançados, é composta por instrutores para todos os segmentos.

Todas as aulas com esta escola de surf são uma experiência única. Começando por ir buscar os alunos onde estes desejarem, é feita uma viagem por todas as paisagens do Porto, de forma a escolher o local ideal para acontecer a aula. Esta viagem serve também como passeio turístico, pois são apresentados vários pontos interessantes da região.

Se gostaria de experimentar ter uma aula de surf com esta experiente escola, só tem de marcar a manutenção do seu smart pelo site do clube smart, até 31 de dezembro de 2018. Faça a manutenção numa oficina autorizada à sua escolha para receber um voucher com a oferta de uma aula de surf para duas pessoas pelo valor de apenas uma. Após isto, basta verificar as condições atmosféricas, reservar o dia para a aula mencionando o programa do clube e apresentar o voucher no dia de utilização.

É a marca de conteúdos produzidos por
Desenhados para inspirar e criar uma maior proximidade entre os leitores e as marcas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir até 50 mil milhões para liderarem eólicas no mar

EDP_ENGIE2

EDP e Engie vão investir até 50 mil milhões para liderarem eólicas no mar

Da esquerda para a direita: Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

OCDE. Dinamismo das exportações nacionais tem o pior registo da década

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
O surf começa na estrada