Marketing

(Re)agir à pandemia, aprender e reabrir as portas com uma nova visão

A carregar player...

Catarina Tomaz, diretora de marketing do Via Outlets, com espaços cujo encerramento se revelou tanto um dilema como um desafio para muitos lojistas, e Helena Gouveia, gestora de marketing do IKEA Group em Portugal, cuja loja online encontrou na pandemia uma oportunidade para prosperar, são as convidadas deste Brands 4 Life.

Os grandes espaços comerciais encerrados foram talvez uma das mais expressivas imagens do período crítico do confinamento. Nos espaços da empresa Via Outlets, reagir foi a palavra de ordem. Estava-se num momento em que ninguém estava preparado – e em que as mudanças à legislação eram quase diárias – e cada centro comercial teve de encontrar as soluções mais adequadas, comenta Catarina Tomaz.

Por seu lado, no Ikea, a opção de fechar logo, tornando as lojas postos de recolha do online, foi “uma escola e tivemos de atuar de forma muito ágil, algo que nos orgulha imenso enquanto organização porque deixámos de fazer parte de um departamento e tornámo-nos uma Ikea como nunca”, sublinha Helena Gouveia, gestora de marketing do IKEA Group em Portugal.

Brands 4 Life assume um registo descontraído, informal, espontâneo e inspirador, onde as marcas partilham as suas experiências e estratégias de marketing durante o período de pandemia.
Ao longo de 12 semanas, acompanhe os testemunhos de personalidades como Filipa Appleton, Diretora de Marketing do LIDL; Inês Drummond Borges, Diretora de Marketing da WORTEN; Sérgio Leal, Diretor de Marketing da McDonald’s; Filipa Remígio, Diretora de Marketing e Vendas da Artsana; Lídia Monteiro, Diretora de Marketing do Turismo de Portugal; Tiago Simões, Diretor de Marketing do Continente; Leonor Dias, Diretora de Marketing da Vodafone; Carla Bento, Diretora de Marketing do Santander, entre muitos outros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

dgs covid portugal coronavirus

Mais cinco mortos e 463 infetados por covid-19 em Portugal

(Re)agir à pandemia, aprender e reabrir as portas com uma nova visão