4G da PT. Uso da música Sail “uma infeliz coincidência”, diz Gibson

Anthony Gibson, pres. grupo Publicis
Anthony Gibson, pres. grupo Publicis

Uma “infeliz coincidência” foi como Anthony Gibson, presidente do grupo Publicis, classificou o uso do tema Sail, dos Awolnation, nos anúncios do Nokia Lumia, em França, e na campanha 4G da PT.

A Buzzman, agência que produziu a campanha para o Nokia Lumia, acusou a Partners, que criou a campanha para a operadora portuguesa, de “cópia”. A começar pela música.

Gibson considera que o uso da mesma música em diferentes campanhas muitas vezes surge porque “as pessoas que fazem a venda da música não informam quem compra” de que a mesma está a ser usado noutros projetos.

Contudo, o presidente da Publicis não considera que o anúncio 4=3+ infinito (símbolo) Somos Nós, da Partners, seja uma cópia. Já sobre a proximidade estética apontadas nas redes sociais entre o vídeo de Iron, do músico Woodkid… “Acho que provavelmente há ali alguma inspiração”, diz, “mas não é uma cópia é mais inspiração”, frisa. “Há uma linha muito fina entre uma cópia e inspiração”, continua. Mas, precisa, “o trabalho que a Partners fez é muito bom e, em alguns casos, melhor do que o vídeo”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

(REUTERS/Rafael Marchante)

2019 a caminho de ser o melhor ano de sempre da Autoeuropa

Outros conteúdos GMG
4G da PT. Uso da música Sail “uma infeliz coincidência”, diz Gibson