Adeus Foursquare. Agora, fazer check-in é na Swarm

A Swarm é a nova app do Foursquare
A Swarm é a nova app do Foursquare

Porque é que uma aplicação que se tornou popular por permitir fazer check-in mata a sua funcionalidade principal? É o que muitos utilizadores do Foursquare estão a perguntar em redes sociais como o Twitter. Este é o facto: a partir de hoje, quem quiser fazer check-in no Foursquare vai ter de descarregar a nova aplicação da empresa, a Swarm.

A empresa decidiu dividir-se em duas aplicações, o Foursquare e a Swarm, retirando da app original a sua funcionalidade core, o check-in. Também apresentou um novo logótipo e está prestes a lançar a versão completamente alterada do Foursquare.

Leia também: Esta app só deixa usar uma palavra. E é um sucesso

“O nosso logo está a mudar do símbolo de check-in para algo que representa o novo Foursquare. Desenhámos o logo para ser uma mistura entre um marco num mapa e o emblema de um super-herói”, explica a empresa no seu blogue. “Sempre pensámos no Foursquare como dando aos utilizadores super poderes para explorar a cidade, e o nosso novo logo reflete essa visão.”

Acontece que os pontos e os crachás que levavam muitos utilizadores a fazerem check-in em todo o lado desapareceram. Foram substituídos por “autocolantes”, Swarm Stickers, que são os “sucessores espirituais dos crachás”, diz a empresa.

“Os pontos davam-te uma forma de medir quão excitantes eram as tuas experiências, mas tornaram-se arbitrários e um reflexo menor de conquistas no mundo real, porque um check-in num concerto em Istambul é muito diferente de um num parque para cães em Nova Iorque.”

Na nova aplicação Foursquare, o foco será descobrir coisas localmente. Restaurantes, teatros, parques. A app tornar-se-á numa espécie de motor de busca local. Na Swarm, o foco será ver o que andam os amigos a fazer e quem está por perto, podendo mencionar-se num check-in ou convidar para um local.

Pode saber mais sobre a Swarm aqui.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Adeus Foursquare. Agora, fazer check-in é na Swarm