Afinal, o Whatsapp vai mesmo ser pago por todos

ng3096627

O pagamento da aplicação Whatsapp tem gerado grande debate na última semana. Enquanto os utilizadores da Apple pagam euro0,89 para poder aceder ao serviço de mensagens, quem tem o sistema operativo da Android e restantes pensava que o poderia ter de borla.

Primeiro, surgiu a notícia de que a gratuitidade da aplicação era de apenas um ano, período após o qual se teria de pagar por uma licença anual. Depois, veio o desmentido que afirmava que nunca tinha sido cobrado qualquer valor a vários utilizadores que já tinham o Whatsapp instalado há mais de um ano e que a empresa estava à procura de uma alternativa ao pagamento. Agora, responsáveis pelo Whatsapp confirmam ADSLZone que o pagamento será mesmo obrigatório.

Se instalou o Whatsapp há mais de um ano, irá receber uma notificação a exigir pagamento em breve

Os utilizadores que se aperceberam de que poderiam continuar a usar a aplicação sem pagar viram as suas licenças renovadas, mas apenas por tempo limitado. De acordo com o Expansión, trata-se de um atraso nos pagamentos que o Whatsapp está a comunicar aos utilizadores através de uma mensagem.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Afinal, o Whatsapp vai mesmo ser pago por todos