Alta velocidade no YouTube chega aos telemóveis

iOS e Android
A Google acaba de anunciar o lançamento de uma nova atualização para a sua aplicação YouTube, tanto em Android com em iOS, que integra um suporte para a visualização de vídeos a 60 frames por segundo."> iOS e Android

A Google acaba de anunciar o lançamento de uma nova atualização para a sua aplicação YouTube, tanto em Android com em iOS, que integra um suporte para a visualização de vídeos a 60 frames por segundo.

A reprodução de alta velocidade, que desde outubro, estava disponível na sua versão web, chega agora aos telemóveis.

Para beneficiar desta nova funcionalidade, os utilizadores terão que efetuar uma atualização da aplicação do YouTube. No caso de a atualização não ser sugerida de forma automática, basta carregar no botão situado no canto superior direito da aplicação e dentro da opção de qualidade escolher 720p60 ou 1080p60.

Leia também: Fer0m0nas, rei dos videojogos. Este é o maior Youtuber português

Nesta fase, a repordução com maior velocidade só estará disponível, em iOS e Android, nos casos de vídeos e não oara os streamings ao vivo.

Neste momento, estamos habituados a ver vídeos com 24 ou 25 frames por segundo no cinema e na televisão. Alguns jogos são desenvolvidos para 40 frames por segundo.

O YouTube oferece, agora, 60 frames por segundo, o que nos permite um maior dinamismo, rapidez e nitidez nas imagens, já que quantas mais imagens nos mostrarem por segundo, menor é a sensação de uma imagem estática.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral de Dep—ositos -

Sete dos créditos de risco da CGD tiveram perdas de 100%

Operadores da Groundforce onde a operação da empresa de ‘handling’ Groundforce inclui números como cinco minutos e 400 toneladas, mas também o objetivo de chegar ao fim de 2019 com 3.600 colaboradores, aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, 22 de janeiro de 2018. Para que os aviões estejam no ar, a Groundforce faz toda a assistência em terra, excetuando o fornecimento de comida e de combustível, como resume o presidente executivo da empresa, Paulo Neto Leite, numa visita guiada aos ‘bastidores’ do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Com o aeroporto de Lisboa “no limite”, Groundforce exige à ANA que invista já

(Rui Oliveira / Global Imagens)

Quota de mercado dos carros a gasóleo cai para mínimos de 2003

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Alta velocidade no YouTube chega aos telemóveis