Tecnologia

Aparelhos como a Smart TV crescem 12,3% em Portugal. Samsung lidera

A F8000 é a estrela da Samsung

Os dados que recolhemos são da consultora IDC e mostram subida nas vendas dos chamados Smart Home Players, onde lidera a Samsung, com a Google perto

Há cada vez mais aparelhos inteligentes nas casas portuguesas, em destaque no domínio do entretenimento. Em números a que o Dinheiro Vivo/Insider teve acesso da consultora IDC, os chamados Smart Home Players cresceram 12,3% no primeiro trimestre deste ano em Portugal, para os 140 062, isto em comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

E o que são os Smart Home Players? São aparelhos como as chamadas Smart TV (que integram na plenitude a internet e a ligação direta a outros dispositivos como o smartphone) ou os dispositivos para tornar os televisores mais conectados como o Chromecast, da Google. “As colunas inteligentes, nos números veiculados para Portugal, não têm expressão porque mesmo que os portugueses as comprem na Amazon Espanha ou Reino Unido, essas compras não contam para o mercado nacional por não se possível de ser verificado”, diz-nos Francisco Jerónimo, analista principal da consultora IDC.

As colunas inteligentes como a Google Home, com o chamado Google Assistant, ou a Amazon Echo, com a assistente Alexa, ainda não se vendem oficialmente em Portugal, embora existam muitos portugueses a comprá-las em lojas online de fora do país.

O que os dados do IDC para Portugal também nos demonstram é que a Samsung lidera, com 16,9% de quota do mercado, seguida muito de perto pela Google, com 16,6%. O que Francisco Jerónimo explica é que apesar da aproximação, a Samsung destaca-se com a venda das Smart TV, bem mais caras do que o pequeno aparelho da Google, o Chromecast (custa 39 euros). Segue-se na lista a LG, com 13,3% das vendas, a Sony com 9% e a TPV (empresa chinesa dona da Philips), com 2,4%. No entanto, fora destas o conjunto das outras marcas consegue vendas de 41,9%.

Segurança ganha dimensão

Os 140 mil aparelhos vendidos são distribuídos da seguinte forma, que também demonstram preocupação com a segurança: vendas em sistemas de vídeo para entretenimento são 107 203 das vendas, seguindo-se a monitorização de casas/segurança, com 11 642 e a iluminação inteligente, com 11 562 em volume de vendas. Os eletrodomésticos inteligentes ficam-se pelos 5 611 e os termostatos (algo que tem já uma representação significativa nos EUA) é de 2 593.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 7. Termina greve dos motoristas

Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Outros conteúdos GMG
Aparelhos como a Smart TV crescem 12,3% em Portugal. Samsung lidera