Apple compra Beats Music do Dr. Dre por 2,2 mil milhões de euros

Dr. Dre vai integrar os quadros da Apple
Dr. Dre vai integrar os quadros da Apple

Apesar da indiscrição do rapper Dr. Dre, que falou do negócio antes de este estar confirmado, a Apple vai mesmo pagar 2,2 mil milhões de euros para comprar a Beats - Beats Music e Beats Electronics.

O acordo foi anunciado ontem à noite pela Apple e significa a entrada da tecnológica no negócio da música por subscrição, ao mesmo tempo que adquire a área de produto, a Beats Electronics – auscultadores, altifalantes e software.

“Como parte da aquisição, os fundadores da Beats, Jimmy Iovine e Dr. Dre, irão integrar os quadros da Apple”, lê-se no comunicado enviado pela empresa. O preço da compra divide-se em 1,9 mil milhões de euros pagos já e 293 milhões que irão ser entregues a prazo. A aquisição da empresa fundada em 2008 deverá estar concluída no último trimestre do ano.

Leia também: Compra da Apple pode duplicar fortuna do Dr. Dre

“A música é uma parte tão importante das nossas vidas e tem um lugar especial nos nossos corações dentro da Apple”, disse Tim Cook, CEO da empresa. “É por isso que temos continuado a investir em música e estamos a juntar estas equipas extraordinárias, para que continuemos a criar os produtos e serviços de música mais inovadores do mundo.”

O negócio tinha sido revelado por Dr. Dre antes do tempo, tendo este dito que seria o primeiro rapper multimilionário. A Apple não chegou a confirmar o acordo e julgou-se que poderia não chegar a acontecer, devido à cultura de secretismo que a empresa cultiva.

“Sempre soube no meu coração que a Beats devia estar com a Apple”, disse Jimmy
Iovine. “A ideia quando começámos a empresa foi inspirada pela capacidade sem igual da Apple de casar a cultura e a tecnologia. A dedicação profunda da Apple aos fãs de música, artistas, letristas e a indústria é especial.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL A. LOPES/LUSA

Governo reconhece progressões a 344 mil trabalhadores, pelo menos

Faria de Oliveira, presidente da APB

APB garante que bancos vão refletir Euribor negativa nos créditos à habitação

Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos. REUTERS/Leah Millis

Trump põe tudo na mesa. Parada na guerra com China sobe para 500 mil milhões

Outros conteúdos GMG
Apple compra Beats Music do Dr. Dre por 2,2 mil milhões de euros