Universidades

Aveiro, Minho e Nova de Lisboa entre as melhores universidades “jovens” do mundo

As universidades de Aveiro, Minho e Nova de Lisboa foram distinguidas entre as melhores instituições de ensino superior “jovens” de todo o mundo.

O reconhecimento foi atribuído pelo ranking Times Higher Education, que elabora a lista das 100 melhores universidades com menos de 50 anos de existência pelo segundo ano consecutivo.

A Universidade de Ciência e Tecnologia de Pohang, da Coreia do Sul, foi eleita a melhor dos institutos “jovens” seguida da École Polytechnique Fédérale de Lausana, Suíça. O último lugar do pódio é ocupado pela Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia, na Coreia do Sul.

O Reino Unido continua a ser o país com o maior número de escolas distinguidas, 18 universidades, seguido da Austrália, 13, Estados Unidos, 8, França, 7, Espanha, 6, e Taiwan, 5.

O Times Higher Education baseia a sua avaliação em 13 indicadores de performance, como o ensino, investigação, interação com a indústria e a internacionalização.

As 10 melhores universidades com menos de 50 anos de existência

1. Universidade de Ciência e Tecnologia de Pohang, Coreia do Sul

2. École Polytechnique Fédérale de Lausane, Suíça

3. Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia, Coreia do Sul

4. Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong

5. Universidade da Califórnia, Irvine, Estados Unidos

6. Universidade de Maastricht, Países Baixos

7. Universidade de Iorque, Reino Unido

8. Nanyang Technological University, Singapura

9. Université Pierre et Marie Curie, França

10. Université Paris-Sud, França

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Aveiro, Minho e Nova de Lisboa entre as melhores universidades “jovens” do mundo