Carnegie Mellon

Carnegie Mellon tem seis milhões de euros para financiar iniciativas de investigação

A Carnegie Mellon é parceira de Portugal
A Carnegie Mellon é parceira de Portugal

O programa Carnegie Mellon Portugal abriu um novo concurso de financiamento, que tem seis milhões de euros disponíveis para projetos de Investigação e Desenvolvimento.

O concurso está aberto
até 16 de outubro e pretende financiar “Iniciativas Empreendedoras de Investigação” ((Entrepreneurial Research Initiatives), a
desenvolver no âmbito do programa Carnegie Mellon Portugal. Serão selecionadas entre quatro a sete iniciativas com financiamento garantido até quatro anos.

O programa CMU Portugal está na segunda fase e tem dado mais prioridade à formação
avançada e à investigação com potencial significativo de
impacto empreendedor.

Na proposta a submeter para financiamento, os
consórcios terão de apresentar um plano
estratégico global
de desenvolvimento do trabalho, bem como planos específicos para as
componentes de investigação, educação e inovação, com uma
perspetiva
de sustentabilidade para lá do final do projeto.

Cada proposta deve incluir
um consórcio
composto no mínimo por
dois parceiros de instituições de investigação portuguesas e uma
empresa, bem como uma equipa de investigadores da Carnegie Mellon
University.

As iniciativas devem ter
como missão ser “motores
de inovação de escala internacional, integrados em redes globais de
conhecimento e de negócios, para formar inovadores criativos, gerar
novas ideias, e traduzi-las em produtos, processos e serviços”.

Estes
projetos visam
“estimular
e promover a inovação no sector das Tecnologias de Informação e
Comunicação em Portugal”,
refere João Claro, diretor do CMU Portugal.

Saiba aqui tudo sobre o concurso para financiamento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Carnegie Mellon tem seis milhões de euros para financiar iniciativas de investigação