The Artist Porto Hotel & Bistrô

Cinco receitas de cocktails para brindar com os seus amigos

Cuidado ao juntar a água tónica
Cuidado ao juntar a água tónica

O outono está aí, mas os dias quentes parecem querer ficar por mais algum tempo. Uma boa notícia que convida a fins de tarde bem passados, com amigos e família. Para ajudar a tornar esses momentos ainda mais especiais, o Dinheiro Vivo sugere-lhe cinco receitas de cocktails que pode facilmente fazer em casa e brilhar junto dos seus convidados.

Os cocktails aqui apresentados foram preparados por Rui Pedro Sousa e por Leandro Neves, respetivamente ex-aluno do curso de restaurante-bar e coordenador de Food & Beverage do The Artist, hotel-escola gerido pela Sonae Turismo em parceria com a Escola de Hotelaria e Turismo do Porto.

2

E se quiser aprender a fazer outras bebidas ou, simplesmente, aperfeiçoar as suas técnicas de ‘barman’, saiba que o The Artist organiza workshops de bar para grupos mínimos de seis pessoas. Se o que o pretende é aprender a cozinhar, reúna mais 14 amigos e marque dia e hora com o chef. Os preços variam consoante o programa que escolher, à sua medida, mas começam nos 10 euros por pessoa no workshop de bar e nos 27 euros no workshop de cozinha.

B’Artist Royal é a primeira proposta que lhe fazemos, associando os frutos silvestres com o Vinho Verde. Para o efeito, Rui Pedro Sousa escolheu um Alvarinho Vales de Ambrães de 2013. Para o preparar, colocou um pouco de frutos vermelhos no fundo de uma flute, acrescentou um pouco de Triple Sec (se preferir, pode optar por um licor de pêssego). Se achar os frutos silvestres demasiado ácidos, deixo-os ficar imersos no licro durante algum tempo. Enche o copo com o Alvarinho e está pronto a servir.

2

Beater é a segunda proposta e é um cocktail criado no The Artist, fazendo um desdobramento de um vermute com um refrigerante à base de gengibre, o Ginger Ale. Bebida simples, pode começar por refrescar o copo com gelo e retirar a água em excesso com a ajuda de um strainer, aquele coador específico de barman. Coloque 6 cl de vermute e encha o resto do copo com o Ginger Ale. Para terminar, passe um gomo de lima no rebordo do copo para aromatizar a bebida e servia-a com o gomo a acompanhar.

2

O Dry Martini é um clássico, imortalizado pelo mais célebre dos agentes secretos. James Bond não dispensa o seu “batido, não mexido”, mas a finalização fica ao seu critério. Quantidades? É fácil. A 6 cl de gin junte um dash (duas ou três gotas) de vermute seco. Mexa a bebida e deite-a na taça, passando por um strainer. A decoração original de um Dry Martini é uma simples azeitona, mas os especialistas do The Artist propõem um zest de limão (use um utensílio próprio para melhor cortar a casca). Leandro Neves escolheu a versão mexida, mas se preferir um Dry Martini batido, basta terminar passando a sua bebida por um shaker.

2

Para o seu Jacon Marnier, escolha um copo baixo, de whiskey. Corte duas rodelas finas de laranja, que coloca em pontos opostos do copo, e encha-o com gelo, preferencialmente partido. Junte 4 cl de whiskey, neste caso a escolha recaiu sobre o Jim Bean, e 2 cl de Grand Marnier, licor de conhaque aromatizado com laranja. Enfeite com cerejas cristalizadas. Para um último toque, sirva a bebida acompanhada de um gomo de laranja que será espremido no momento de beber o cocktail.

2

E, claro, não podia faltar uma proposta de Gin Tónico. Escolha um copo de balão típico dos gins premium e comece por refrescar o copo, enchendo-o de gelo. Retire a água em excesso, com a ajuda do strainer e junte 5 cl de Gin Mare. Acabe de encher o copo com água tónica, procurando vertê-la diretamente sobre uma pedra de gelo, de modo a melhor preservar o gás da água. Sirva com um zest de laranja ou de limão.

2

Aqui ficam as sugestões. Experimente, escolha o seu preferido e dê a conhecer aos seus amigos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Filipe Amorim / Global Imagens)

Estará a produtividade a ser bem medida em Portugal?

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Estará a produtividade a ser bem medida em Portugal?

Ministério das Finanças

Função pública sai das Finanças ao fim de 17 anos

Outros conteúdos GMG
Cinco receitas de cocktails para brindar com os seus amigos