Conheça as marcas com que os portugueses mais contam

Danone garante que se mantém em Portugal

Danone, Leite Mimosa e Coca-Cola. As três marcas são bem conhecidas dos portugueses e, segundo o Kantar Worldpanel, foram as três com que os portugueses mais contaram em 2011.

Segundo a WPP, os critérios para encontrar as marcas imprescíndiveis foi simples: “Estar presente no maior número possível de lares é crítico para o sucesso de uma marca, mas por si só não é suficiente. Uma marca com uma maior ligação com os consumidores é mais dificilmente substituída. Ter o maior nível de compras consecutivas, é um indicador de forte ligação com a marca”, garante o Kantar Worldpanel.

Conheça o ranking completo das marcas imprescindíveis em 2011:

1 – Danone

2 – Mimosa Leite

3 – Coca-Cola

4 – Nestlé Cereais

5 – Fula

6 – Longa Vida

7 – Super Bock

8 – Planta

9 – Skip

10 – Olá

11 – Mimosa Manteiga

12 – Sagres

13 – Mimosa Iogurtes

14 – Becel Margarina

15 – Oliveira da Serra

Segundo a empresa de estudos do consumidor, o ano de 2011 revelou uma alteração no consumo dos lares portugueses, de acordo com o que decorria em 2010.

Os consumidores estão a comprar mais ou menos a mesma quantidade (-0.4%), mas conseguiram não fazer refletir de forma integral o peso da inflação nas suas despesas. Na realidade os lares portugueses gastam apenas mais 1.3% face a 2010, valor abaixo da evolução do IPC para esta área.

O comprador português está a transformar-se num “smart downtrading shopper”, ou seja compra de forma mais frequente e menos de cada vez, com uma preocupação sistemática ao preço e ao “out-of-pocket”. Na realidade é um consumidor que tende a comprar sistematicamente mais barato ou então com a melhor relação preço/função, só escolhendo as marcas mais caras quando vê nelas um valor claro para si, que justifique o gasto.

Entre as categorias com maior sequência na compra por parte do consumidor lidera o chá gelado, café torrado, cervejas, colas, leite longa duração, leite aromatizado, arroz, manteiga, óleo, conservas de atum, massas, papel higiénico, margarina de mesa e azeite. Já entre as que registam uma maior alternância destaque para lava tudo, bolachas, cereais de pequeno almoço, snacks e bolos embalados, iogurtes, detergentes de roupa de máquina, vinhos, batatas e snacks, peixes e mariscos preparados congelados, água mineral sem gás, pet food, açúcar e gelados.

O estudo prevê que até 2015 a quantidade de produtos de grande consumo, bem como o gasto nos mesmos deverão manter-se estáveis, no que diz respeito ao consumo dos Lares de Portugal Continental.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Conheça as marcas com que os portugueses mais contam