Criação de novas empresas de tecnologia subiu 12% em 2013

Nascem três empresas por cada encerramento
Nascem três empresas por cada encerramento

A situação está a melhorar no sector das tecnologias de informação, segundo os dados de um novo relatório da Informa D&B, divulgado hoje. A "Radiografia do Sector das Tecnologias e da Comunicação em Portugal" mostra que o ritmo de criação de novas empresas subiu 12% no ano passado, face a 2012.

Apesar de 364 encerramentos de empresas do sector em 2013, foram criadas 1167 startups, acima da média anual – nascem cerca de 900 empresas de TIC todos os anos em Portugal. Estes dados também indicam que, por cada empresa de TIC que encerrou, abriram três.

Os encerramentos diminuíram 22% em relação a 2012, um ano muito difícil para o sector, mas os casos de insolvência aumentaram – de 68 para 72.

“O sector das TIC está a
assumir um papel muito interessante no nosso tecido empresarial. É
um sector jovem, em que a idade média das empresas é de 7,4 anos e
onde nascem três vezes mais empresas do que as que encerram”, sublinha Teresa Cardoso de Menezes,
diretora geral da Informa D&B. “Tem
também um perfil exportador muito relevante, com 32% das empresas do
sector a exportar, o que representa o dobro do tecido empresarial,
que tem 16% de empresas exportadoras.”

O relatório indica que quase todas as empresas TIC são
de pequena dimensão (93,4% têm volume de negócios até 2 milhões de euros). São as empresas de grande dimensão (com mais de 50 milhões
de euros de volume de negócios) que mais contribuem para o volume total do sector, mas são as PME que mais empregam (65%).

Mais de metade do sector (53%) tem até 5 anos, sendo que metade
do volume de negócios é gerado pelas empresas maduras (com 20 ou
mais anos) e metade do emprego pelas empresas adultas (entre 6 e 19
anos).

A idade média das empresas do sector é
de 7,4 anos, valor significativamente inferior aos 12,9 anos médios
do tecido empresarial. Há duas vezes mais empresas do sector
das TIC a exportar do que no tecido empresarial sociedades: 32% das empresas TIC exporta, contra apenas 16% das empresas do tecido
empresarial. “Para metade destas TIC que exportam (930), a exportação
representa mais de 20% do seu volume de negócios, o que mostra um
perfil exportador de um sector jovem e dinâmico”, lê-se no relatório.

As TIC já representam 4,3% das
exportadoras do tecido empresarial e são responsáveis por 3,1% das
exportações, com valor de exportação de 1,945 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Turismo vale 16% da atividade económica portuguesa

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Défice público cai 59% até ao final de outubro

Marco Schroeder

Marco Schroeder renuncia a cargo de CEO da Oi

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Criação de novas empresas de tecnologia subiu 12% em 2013