Criação de novas empresas de tecnologia subiu 12% em 2013

Nascem três empresas por cada encerramento
Nascem três empresas por cada encerramento

A situação está a melhorar no sector das tecnologias de informação, segundo os dados de um novo relatório da Informa D&B, divulgado hoje. A "Radiografia do Sector das Tecnologias e da Comunicação em Portugal" mostra que o ritmo de criação de novas empresas subiu 12% no ano passado, face a 2012.

Apesar de 364 encerramentos de empresas do sector em 2013, foram criadas 1167 startups, acima da média anual – nascem cerca de 900 empresas de TIC todos os anos em Portugal. Estes dados também indicam que, por cada empresa de TIC que encerrou, abriram três.

Os encerramentos diminuíram 22% em relação a 2012, um ano muito difícil para o sector, mas os casos de insolvência aumentaram – de 68 para 72.

“O sector das TIC está a
assumir um papel muito interessante no nosso tecido empresarial. É
um sector jovem, em que a idade média das empresas é de 7,4 anos e
onde nascem três vezes mais empresas do que as que encerram”, sublinha Teresa Cardoso de Menezes,
diretora geral da Informa D&B. “Tem
também um perfil exportador muito relevante, com 32% das empresas do
sector a exportar, o que representa o dobro do tecido empresarial,
que tem 16% de empresas exportadoras.”

O relatório indica que quase todas as empresas TIC são
de pequena dimensão (93,4% têm volume de negócios até 2 milhões de euros). São as empresas de grande dimensão (com mais de 50 milhões
de euros de volume de negócios) que mais contribuem para o volume total do sector, mas são as PME que mais empregam (65%).

Mais de metade do sector (53%) tem até 5 anos, sendo que metade
do volume de negócios é gerado pelas empresas maduras (com 20 ou
mais anos) e metade do emprego pelas empresas adultas (entre 6 e 19
anos).

A idade média das empresas do sector é
de 7,4 anos, valor significativamente inferior aos 12,9 anos médios
do tecido empresarial. Há duas vezes mais empresas do sector
das TIC a exportar do que no tecido empresarial sociedades: 32% das empresas TIC exporta, contra apenas 16% das empresas do tecido
empresarial. “Para metade destas TIC que exportam (930), a exportação
representa mais de 20% do seu volume de negócios, o que mostra um
perfil exportador de um sector jovem e dinâmico”, lê-se no relatório.

As TIC já representam 4,3% das
exportadoras do tecido empresarial e são responsáveis por 3,1% das
exportações, com valor de exportação de 1,945 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Tiago Melo

Crédito chega às famílias mas nunca foi tão baixo para as empresas

Francisco de Lacerda, CEO dos CTT

Especuladores têm aposta de 35 milhões na queda das ações dos CTT

Foto: DR

Luta pelos cargos de topo do BCE aquece. Espanha favorita no primeiro round

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Criação de novas empresas de tecnologia subiu 12% em 2013