publicidade

De Paris a Lisboa. Para que nenhum sem abrigo fique esquecido este Natal

A carregar player...
De Paris a Lisboa. Para que nenhum sem abrigo fique esquecido este Natal

Criativos em Paris e Lisboa juntaram-se para tornar os desejos dos sem-abrigo realidade. E você pode ajudar a que não haja mais Natal dos Esquecidos

É uma campanha que junta criativos em Paris e em Lisboa em torno de um objetivo comum: garantir que este Natal nenhum sem abrigo fica sem receber um presente. E assim nasceu Natal dos Esquecidos.

“O objetivo da campanha é lembrar que também é Natal para os sem-abrigo e que também eles deveriam ter um presente. Os seus desejos são tantas vezes tão simples e tão fáceis de satisfazer e, no entanto, quase sempre esquecidos. Queremos lembrar que eles existem, que as nossas ruas são as suas casas e que é fácil, muito fácil, dar-lhes uma prenda de Natal,” explica Teresa Verde Pinho, copywriter na Ogilvy Paris.

Teresa é juntamente com Mariana Reis uma das criativas por trás da campanha Natal dos Esquecidos, juntamente com Gustavo Nardini, também da Ogilvy Paris. Mas em Lisboa contaram com o contributo da social media manager, Cátia Matias, do editor Tiago Soares da Fuel, e do realizador Bruno Ferreira da Show Off para transformar esta ação pro bono em realidade. Contribuíram ainda a Indigo, a Costura Criativa e a São Condestável Tecidos.

Veja aqui quais os pedidos dos sem abrigo este Natal

A campanha para a CASA (Centro de Apoio aos Sem Abrigo) parte da ideia de que “Há cartas que ficam esquecidas todos os anos”, para tornar esses pedidos reais, os moradores de rua foram incentivados a escrever uma carta ao Pai Natal. Até ao Natal, as cartas vão sendo publicadas diariamente no Facebook do Natal dos Esquecidos, comunidade já com 3720 seguidores nesta rede social. Cabe aos seguidores realizar os desejos dos sem-abrigo.

A campanha passa maioritariamente pelo mundo digital, mas as cartas vão estar ainda colocadas dentro de meias de Natal gigantes espalhadas em zonas centrais de Lisboa (Freguesia de Santa Maria Maior) para que, quem passe, possa ler e contribuir para a causa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

Fotografia: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

Bitcoins ou libras de ouro? O que é mais fácil trocar?

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
De Paris a Lisboa. Para que nenhum sem abrigo fique esquecido este Natal