Drone aquático português consegue 97 mil euros no Kickstarter e vai para as lojas em 2014

ng3092136

O drone aquático português Ziphius, criado por uma spin-off da YDreams, conseguiu fechar com sucesso a sua campanha de financiamento no Kickstarter. A empresa pedia 125 mil dólares e conseguiu 127,199 dólares (97 mil euros), numa campanha que terminou ontem.

O gadget foi apoiado por 472 pessoas no Kickstarter. A Azorean, que desenvolveu o aparelho, vai agora finalizar o projeto e iniciar a sua industrialização. A comercialização está prevista para março de 2014.

O drone controlado por uma aplicação móvel já tinha vencido os dois grandes prémios no concurso Engadget Insert Coin: Challengers, o que lhe deu visibilidade mundial.

A diretora operacional da Azorean, Cristina Gouveia, refere que o impacto mediático conseguido está a gerar “ofertas de parceiros para todas as fases de desenvolvimento e comercialização do produto a nível global.” Em poucos meses, o Ziphius tornou-se um dos gadgets portugueses mais conhecidos do mundo.

“Temos ainda um leque alargado de investidores interessados na Azorean. E acima de tudo temos o apoio de uma comunidade de pessoas interessadas em tornar o Ziphius uma realidade.”

A responsável sublinha ainda “o grande apoio por parte dos portugueses, tanto a viver dentro como fora de Portugal, assim como de representantes de comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo fora.”

Quem quiser aceder à pré-venda do aparelho pode fazê-lo no site.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Acionistas do Millennium BCP à chegada para a assembleia-geral anual, nas instalações do banco no Taguspark, em Oeiras, 22 de maio de 2019. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Acionistas do BCP aprovam dividendos e compensação de trabalhadores

(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Comissão de Trabalhadores exige integração da EMEF na CP

Novo Banco. Foto: REUTERS/Rafael Marchante/File Photo

Call-center no Novo Banco passa a ser externo. Trabalhadores saem do banco

Outros conteúdos GMG
Drone aquático português consegue 97 mil euros no Kickstarter e vai para as lojas em 2014