publicidade

É o Euromilhões. Jogos Santa Casa já escolheu a agência de pub

euromilhoes-Namorada

O concurso previa um contrato de três anos e um bolo global de 18 milhões. Nova agência vai gerir publicidade institucional e dos jogos Santa Casa

Os Jogos Santa Casa já escolheram a agência de publicidade que vai criar as campanhas offline de jogos como o Euromilhões, o Placard ou as lotarias. No relatório preliminar do concurso, foi a agência Fuel que obteve a melhor classificação do júri do concurso, apurou o Dinheiro Vivo. A Fuel ganha um contrato de três anos para desenvolver a comunicação dos Jogos Santa Casa. Um concurso com um bolo global de 18 milhões de euros.

Os Jogos Santa Casa não comentam esta informação. “Informa-se que, no âmbito do concurso limitado por prévia qualificação para aquisição de serviços de agência criativa nos meios offline para o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, encontra-se a decorrer o prazo para apreciação de pronúncias dos concorrentes, por parte do Júri do procedimento”, diz fonte da assessoria de imprensa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

A não ser que aconteça algum volte-face nas classificações após a receção e análise dos comentários das agências que participaram no concurso ou contestação judicial da decisão do júri, será a Fuel a assegurar nos próximos anos a comunicação de jogos como o Euromilhões, o Placard, a Raspadinha ou as Lotarias.

A agência reforça assim a sua ligação aos Jogos. No último concurso a agência dirigida por Miguel Barros tinha sido uma das vencedoras, tendo dividido a conta dos Jogos Santa Casa com a Havas Worldwide. Esta última ficou a comunicação institucional e lotarias, e a Fuel com a dos restantes jogos, como Euromilhões, Totobola, Totoloto, Joker, Raspadinhas.

Mas no concurso deste ano, os Jogos Santa Casa optaram por concentrar em apenas uma agência toda a comunicação, tendo aumentado em 33% o montante anual alocado à comunicação dos jogos: de 4,15 milhões para 6 milhões, tal como avançou em junho o Dinheiro Vivo. Uma subida justificada pela Santa Casa. O maior budget pressupõe “a necessidade do departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa ajustar a sua estratégia de comunicação face ao novo contexto concorrencial e ao maior número de produtos/marcas do portfólio Jogos Santa Casa, decorrente do lançamento do Placard (em setembro do ano passado), mas também de outros jogos sociais que possam, eventualmente, vir a ser lançados”, justificou em junho fonte oficial.

A Santa Casa, recorde-se, está a preparar a sua candidatura aos jogos online, tendo no entretanto, já lançado novos jogos ligados às apostas do Euromilhões, caso de M1lhão. Ainda sobre o valor orçamentado, serão pagos “apenas os bens e serviços efetivamente encomendados” não estando a Santa Casa “obrigada a atingir o valor máximo adjudicado”, clarificou a mesma fonte.

Onze agências participaram há três anos no concurso. Este ano, ao que foi possível apurar, apresentaram proposta pelo menos oito: Fuel, Havas, BBDO, J Walter Thompson, Ogilvy & Mather, FCB, grupo LAP/Publicis One, Young & Rubican.

Fora deste concurso está a publicidade digital, atualmente, nas mãos da Fullsix.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
fitch rating dívida riscos políticos

Taxa de juro da nova dívida cai para mínimo histórico de 1,8% em 2018

Fotografia: REUTERS/ Carlos Barria

China põe marcas de luxo a bater recordes

notas

Crédito cresce nas famílias mas ainda encolhe nas empresas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
É o Euromilhões. Jogos Santa Casa já escolheu a agência de pub